Encontrado morto no matagal

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Encontrado morto no matagal  Encontrado morto no matagal
Vítima morava próximo da região que foi morto

Mais um corpo foi localizado em um matagal no final da Rua Domingos Martins Belo, no Jardm Califórnia, nessa quarta-feira, dia 17. Edilson de Campo Vicente, 18 anos, foi encontrado por sua esposa e uma amiga perto das 08h com diversas marcas de tiros: “Ainda não podemos precisar o número de disparos, mas acreditamos que seja perto dos onze”, afirmou investigador da Polícia Civil, Celso Pereira da Silva.

Conforme informações, Edilson é morador da região e era usuário de drogas, porém a família não confirmou o fato. De acordo com relato de sua esposa, a vítima tinha saído durante a madrugada com sua moto e não retornou mais. O veículo foi localizado pela Guarda Municipal nas proximidades do crime e o corpo foi recolhido para o IML de Curitiba.

Outro caso
No dia 15 de setembro, nove disparos de arma de fogo tiraram a vida de José Odinei dos Santos, 32 anos, no início da madrugada. O corpo do rapaz só foi localizado pelos Policiais Militares à tarde, perto das 13h, exatamente no mesmo local em que, agora, Edilson foi morto, na rua Domingos Martins Belo, Jardim Califórnia. José foi encontrado com um tiro na cabeça, um no tórax, três nas costas, dois nas pernas e dois nos braços. Populares da região afirmam que ouviram cerca de 10 disparos na madrugada, mas ninguém saiu para conferir. No local do crime, nenhuma cápsula de revólver foi encontrada. José era morador do bairro Thomaz Coelho e não tinha passagem pela Polícia.

Investigação
Conforme contou a equipe de investigação da Polícia Civil, os fatos apontam que os dois crimes possuem ligação. A relação está, possivelmente, atrelada ao tráfico de drogas da região e, talvez, outros crimes também tenham ligação com o fato. “Nos dois casos eles mataram e colocaram os corpos no mesmo local”, explicaram. A investigação segue em sigilo, mas nos próximos dias podemos ter novidades relacionadas aos crimes.