Compartilhe esta notícia

Muita gente pensou que o vereador Lucínio Leônidas Grebos (PR) não ficaria quieto depois da chapuletada que levou na semana passada do também vereador, Wilson Roberto David Mota (PPS), que, respondendo a uma pergunta de Lucínio (Onde está a lista do Bolsa Atleta?) disse, via jornal, que o documento poderia estar com a assessora fantasma que o edil do PR manteria nomeado em seu gabinete, mas que na verdade estava morando na França há alguns meses.

A tão aguardada resposta de Lucínio era para ter sido dada ontem, dia 9, durante a sessão plenária da Câmara, mas o vereador preferiu o silêncio. Quem estava no plenário ficou decepcionado e saiu com uma pergunta na cabeça: quem cala consente?

Questículas à parte, o que de fato há é que os dois vereadores preferiram deixar o assunto quieto e evitar um racha ainda maior entre os ocupantes do legislativo local.

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio