Enquanto o polvo alemão acerta tudo, o nosso prefeito segue não acertando quase nada. Continua fazendo bobagem. A última foi o tal projeto de lei enviado à Câmara alterando as sagradas funções gratificadas (FGs). A alteração gerou o maior rebuliço entre os funcionários detentores desse extra nos salários. Mais estranho nesta história foi a conversa de que nem a secretária de Recursos Humanos, Rhuanita Drozd, sabia da existência do projeto. Ela estava mais desinformada que eu, que passo boa parte do dia na área rural da cidade, sem celular, Internet e civilização num raio de alguns quilômetros.

E esta história das FGs chamou mesmo a atenção para a secretária de Recursos Humanos. Muitos servidores perguntaram-me de onde saiu a mulher e por quê ela havia sido escolhida por Zezé para assumir o cargo. Disse que ela é servidora de carreira, sobrinha do vice-prefeito e tinha RH até no nome: RHuanita. Pronto, na segunda justificativa o pessoal já entendeu tudo. Por isso que eu gosto do funcionalismo de Araucária, eles entendem tudo rapidinho.

E teve a turma dos servidores de carreira que ainda pensava que o secretário de Recursos Humanos era o Almir Lemos. Não, não é! Almir agora é subprocurador. Mas, peraí… projeto de lei antes de ser enviado à Câmara passa pela Procuradoria Geral do Município… Huumm… será que tem o dedo do Almir nessa história das FGs? Se tiver, seria uma tremenda sacanagem, afinal, a Rhuanita estava crente de que era respeitada e ouvida pelo prefeito quando o assunto era Recursos Humanos… Pobre menina… Ela havia conseguido até fazer com que o Zezé mudasse o nome da sua Secretaria. De Recursos Humanos passou para Gestão de Pessoas. Na prática, não muda nada. A secretaria continua só gerando a folha, mas o nome é mais pomposo: Gestão de Pessoas!

E o candidato da máquina a deputado estadual é o vice-prefeito, Isac Fialla. Mas, já vou adiantando, se ele prometer alguma coisa pra vocês neste período eleitoral fiquem com o pé atrás. É que ele andou prometendo entregar uma escola reformada para a comunidade do Rio Abaixinho no dia 1º de julho e até agora nada. E parece que o Isac já se comprometeu: se ganhar pra deputado vai fazer um bailinho pra comemorar com a população… Ihh, moradores do Rio Abaixinho já ouviram essa história também… Abram o olho!

Falando na Escola do Rio Abaixinho, tem vereador que anda procurando o tal do cunhado do Isac, que seria o dono da construtora que ergueu a João Sperandio em 2003. O apelido do sujeito seria Baiano. É, só com esta dica fica difícil. Afinal, devemos ter uns 10 mil baianos em Araucária atualmente.

Ainda falando sobre o Isac, parece que ele andou sofrendo recentemente com uma crise aguda de dor de cabeça. Se fosse só o Isac ainda dava-se um jeito, o problema é que toda a população anda tendo muita dor de cabeça com a Prefeitura desde 1° de janeiro de 2009.

Por hoje é só! Colaborem com esse pobre colunista, que nem FG de tratador de cachorros tem! Comentem o texto acima ou qualquer outro assunto que quiserem. Boa semana e até terça que vem!

VEJA TAMBÉM

Caminho certo

É fato que a língua do povo sempre foi afiada e impiedosa. Os juízes da vida dos outros de plantão se adiantam em ser investigadores,

Compartilhe