A turma do atual prefeito vai cometer um tremendo erro se lançar mesmo o vice-prefeito, Isac Fialla, candidato a deputado estadual. Ele não é o “cara” do momento para tal disputa. O melhor nome, ouçam o que eu digo, é o do secretário de Saúde, Haroldo Ferreira. Ele sim tem potencial. É batata. Acompanhem o meu raciocínio.
 
Isac pouco fez nesse primeiro ano de administração ao lado de Zezé. Ficou um tempão na Secretaria de Obras e o mato crescendo pela cidade, o asfalto se esburacando, obras paradas… enfim…, coisas que todos nós já sabemos. Está certo que ele justificou tal situação alegando mudanças na estrutura da secretaria…, além do fato de se estar trabalhando com o orçamento da administração anterior… e, claro, a chuva… sempre a culpada. Mas não adianta, o eleitor não quer (e nem precisa) entender dessas coisas. O que ele quer mesmo é o mato bem cortadinho e o asfalto bem feitinho, o que não aconteceu.
 
Diante desse quadro, colocar o Isac pra disputar uma eleição agora é queimá-lo para o resto de sua carreira política, como aconteceu com o Renaldo Rodrigues, lembram? Então, o “cara” do momento é o Haroldo. O homem tem lábia, fala mansa, cara de pessoa confiável (inclusive, é bem parecido até com o ex-prefeito Rizio, quando mais novo), fama de técnico em saúde, experiência política (já foi até deputado estadual na década de 1980). Ou seja, o candidato perfeito. Ainda mais que é pra perder mesmo.
 
Já estou até vendo o slogan da campanha do secretário: “Dr. Haroldo, o homem que trouxe o SAMU pra RMC”. Perfeito. Tenho até conhecidos em Contenda e na Lapa que já garantiram que o voto da família deles é do médico. Afinal, não é todo dia que alguém consegue implantar um SAMU na Região Metropolitana, quase que todo patrocinado pelo povo de Araucária.
 
O único problema da candidatura do nosso secretário Haroldo é justamente em Araucária. Aqui sua imagem não é das melhores. Ainda mais com esta história de implantar o SAMU regional e abrir as portas do Hospital Municipal para toda a Região Metropolitana de Curitiba. Mais isto também não é, digamos assim, um grande empecilho. A solução é simples: é só não fazer campanha do secretário em Araucária, ninguém o conhece aqui mesmo. Poderíamos concentrar a caça ao voto nos outros vinte e tantos municípios da RMC, que serão bem mais beneficiados com o SAMU do que a nossa cidade. Boa ideia. Já estou até vendo as placas e santinhos com a mensagem: “Vote Dr. Haroldo, o homem que trouxe o SAMU para a Região Metropolitana”.
 
E você, o que pensa sobre o assunto. Meta sua colher nesta discussão.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe