Ladrão assassinado com tiro na cabeça

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Ladrão assassinado com tiro na cabeça
Pequenos furtos praticados por Correa podem ter motivado o crime

Na noite de quarta-feira, dia 7, moradores da localidade rural de Roça Nova avistaram um carro azul parado à beira da Rua Tadeusz Kolodziejczyk – estrada principal da região. A escuridão não permitia que enxergassem quem estava no veículo, mas eles não se preocuparam, pensaram se tratar de algum casal de namorados e seguiram adiante. À luz do dia seguinte, no entanto, os agricultores descobriram Flávio Xavier Correa, 29 anos, caído morto ao lado do Logus, placas AAA 6560, que estava com uma das portas abertas.
Por volta das 7h30, a 2ª Companhia do 17º Batalhão da Polícia Militar tomou conhecimento do achado de cadáver e uma equipe se deslocou para o local. Os policiais isolaram a área e aguardaram a chegada do Instituto de Criminalística. De acordo com a perícia, havia sangue no interior do carro, no lado de passageiro, e a marca de um único tiro na cabeça de Correa. Funcionários do Instituto Médico-Legal (IML) recolheram o corpo dele para exames mais detalhados. E investigadores da polícia civil iniciaram o trabalho ainda na cena do crime.
Conforme o adjunto da Delegacia, Marco Antonio de Góes Alves, Correa era proprietário do Logus e trabalhava como caseiro de uma chácara da localidade. “Há informações de que ele praticava pequenos furtos na região. Quer dizer, ele furtava os próprios vizinhos. Isso pode ser o motivo do homicídio, uma provável vingança”, fala o delegado. “Nossa equipe de investigação já levantou suspeitos do crime, também moradores de Roça Nova”, assegura Góes Alves.