Quem foi que disse que em Araucária não tem Carnaval? Tem sim! Este ano, por exemplo, quem promete agitar a cidade é bloco do mato alto, que está – literalmente – tomando conta da cidade. Logo atrás, vem a turma da buraqueira, que não para de crescer e garante que vai botar para quebrar na cidade… quebrar mesmo, não interessa se é carro, moto ou outro veículo qualquer: botou as rodas no que sobrou de asfalto, se ferrou!
 
E o Verão então minha gente? Havia tempo que não esquentava tanto. Em Araucária, o problema não é nem o calor e sim as chuvas de Verão, verdadeiras tormentas, que caem sobre a cidade. Inclusive, parece que já tem quem queira que a Prefeitura instale placas nas ruas do Município, com a seguinte recomendação: “Proibido nadar nas crateras dos asfaltos”. É parece piada, mas não é não. Tem buraco de rua aí que já está maior do que as cavas do Rio Iguaçu. Coisa séria pessoal.
 
Outro bloco que promete bombar neste Carnaval é o da fila do NIS. Lá, vai ter gente nos quatro dias de folia… e, se bobear, serão as mesmas pessoas. E os alunos do Colégio Estadual Helena Wisocky? Depois de terem sido expulsos do prédio da Escola Municipal Archelau de Almeida Torres estão tendo que estudar no porão da igreja do jardim Iguaçu. E olha que a disciplina de educação religiosa nem consta da grade escolar. Os alunos do Helena estão indignados. Dizem que se o prédio da Escola Archelau fosse no jardim Arvoredo ninguém tirava eles de lá. É que no Arvoredo o pessoal invade e ninguém faz nada. Os barraquinhos do Arvoredo, aliás, logo, logo terão que começar a ser construídos dentro da Represa do Rio Passaúna. É que ao redor já não tem mais espaço. Inclusive, um morador da região do Arvoredo me disse que o bairro não precisa de obras de infra-estrutura. “Se eles tapassem esta represa aí já ficava bom demais. Dava pra construir mais um monte de barracos”, comentou. É, parece brincadeira? Não é não! O negócio não está fácil minha gente.
 
E o prefeito, alguém viu? Ou melhor, tem prefeito aqui? Bem, deve ter! Afinal, todo mês a Prefeitura paga um salário de R$ 15 mil pra alguém com este cargo! É, meu povo, o negócio não está fácil pra estas bandas. Por falar nisso, vocês viram que prenderam o Arruda? É, o STJ mostrou quem manda. Tem gente na cidade que já mandou confeccionar uma plaquinha com a seguinte inscrição: “STJ ó nóis aqui!”. Confesso que ainda não entendi o que eles querem dizer com isso! E vocês, entenderam? Deem sua resposta no espaço destinado à comentários.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe