Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Alguns participamtes do primeiro encontro de mães com filhos especiais
Alguns participamtes do primeiro encontro de mães com filhos especiais

No Dia Internacional da Síndrome de Down, 21 de março, um grupo de mães araucarienses, que têm fi­lhos com esta alteração genética e se conheceram através das redes sociais, se reuniram para discutir sobre a possível criação de um grupo de apoio, onde as famílias possam trocar experiências, se apoiar e se ajudar. O encontro aconteceu durante um café da tarde na panificadora Ki-Pão e reuniu cerca de 30 pessoas.

Rosana Sarubi, uma das organizadoras, comentou que a proposta é iniciar com um grupo de apoio e depois fundar uma ONG. “Precisamos ajudar umas as outras, principalmente para que todas as mães de filhos com síndrome de Down reconheçam o quanto essas crianças nos fazem pessoas melhores. Vamos ensinar as mães que têm crianças mais novas a lidarem e a entenderem as diferenças dos seus filhos”, disse.

A mãe comentou ainda que a ideia precisa ser fortalecida, mas sem dúvida, a criação de uma entidade, seja ela uma associação, uma ONG ou um grupo de apoio, será um ponto de ajuda para as mães de crianças com síndrome de Down, que hoje enfrentam inúmeras dificuldades para ver a superação dos filhos, para lidar com o preconceito da sociedade e ainda pela falta de recursos e de informações. “De qualquer forma nos reunimos nesta data tão importante e comemoramos à nossa maneira”, disse Rosana.

Texto: MAURENN BERNARDO / FOTO: Divulgação

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM