Moradores do Botiatuva ficam ilhados

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Moradores do Botiatuva ficam ilhados
Para passar pelo local, moradora teve que descer da blicicleta e afundar o pé no barro

Moradores da área rural de Araucária entraram em contato com a redação do jornal O Popular na semana passada para reclamar do estado em que se encontrava a estrada que dá acesso às localidades rurais de Botiatuva e Palmital. Segundo eles, o barro tomou conta da via e impediu até que eles chegassem em casa. “Tive que deixar meu carro aqui na beira da estrada porque ele não conseguiu passar por este lamaçal”, disse um agricultor da região.

Um outro morador reclamou que não pode tirar o seu carro de casa para ir trabalhar. “Nunca vi esta estrada tão ruim”, constatou. O mesmo agricultor ainda conjecturou os motivos para a estrada estar daquele jeito: “eu não sei, mas parece que a Prefeitura não arruma a estrada de pirraça. Só porque o ex-prefeito (Olizandro José Ferreira) mora por aqui. A gente que é trabalhador, lidando com a lavoura acaba sendo prejudicado por causa dessas brigas políticas”, reclamou.

Sobre a situação da estrada do Botiatuva, a assessoria de comunicação da Prefeitura informou que o problema na pista foi causado devido ao desmoronamento de um barranco na madrugada de quarta-feira (24). “Segundo os próprios moradores do local, uma máquina do tipo ‘pá carregadeira’, que foi utilizada pelo proprietário do terreno paralelo ao barranco, teria mexido no morro, causando o seu desmoronamento”, informou a assessoria.

A Prefeitura informou ainda que ainda na quinta-feira, dia 25, uma equipe da Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) esteve no local para limpar a estrada, que já estava liberadas antes do meio-dia.

Foto: Carlos do Valle