Polícia Civil queima drogas apreendidas

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Marco Charneski

Polícia Civil queima drogas apreendidas
Mais de 100 quilos de drogas viraram cinza em poucos segundos

A Polícia Civil incinerou cerca de 100 quilos de maconha, crack e cocaína, em fornos da empresa Sul Agrícola, na tarde de sexta-feira, dia 18. Essas drogas foram apreendidas pelas Polícias Civil e Militar e Guarda Municipal, no período de 1999 até esse ano. Como o procedimento para a queima depende da iniciativa do delegado, em todo esse tempo, somente o atual titular da Delegacia, Rubens Recalcatti, empreendeu essa tarefa.
De acordo com o escrivão da DP, Gilberto Ramos, toda a droga incinerada é de inquérito policial concluído ou com contra prova no Instituto de Criminalística. “Além disso, todo o procedimento para a queima aconteceu conforme a lei: com autorização da Justiça Criminal e do Ministério Público e na presença de representantes do Ministério, do Instituto e da Secretaria Municipal de Saúde”, ressalta o policial.
“Como essas drogas apreendidas, infelizmente, estavam armazenadas em um cofre na Delegacia, a nossa intenção foi evitar que ocorressem problemas maiores”, explica Recalcatti. O delegado faz questão de agradecer à empresa Sul Agrícola, que voluntariamente cedeu os fornos e alguns funcionários para cooperar com a Justiça.