Povo pode colaborar com separação do lixo

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Povo pode colaborar com separação do lixo
As pessoas devem colaborar com o meio ambiente utilizando os pontos de entrega

Com objetivo de evitar que alguns resíduos especiais sejam misturados ao lixo comum e contaminem o meio ambiente, desde março deste ano, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), disponibilizou pela cidade 10 Pontos de Entrega Voluntária (PEV´s). Nestes locais a população pode depositar pilhas, baterias, celulares, lâmpadas fluorescentes, óleo de cozinha, entre outros materiais.

Nesses primeiros meses, a Prefeitura foi o ponto que mais teve adesão da população. Foram descartadas 91 lâmpadas fluorescentes, 46 litros de óleo vegetal de cozinha e 36,5Kg de pilhas e baterias. Dos locais com os PEVs, o que menos coletou itens foi o da Clínica de Saúde da Mulher, que fica no complexo do NIS III.

“As pessoas ainda não se acostumaram com a ideia, mas aos poucos isso pode melhorar”, comentou o diretor do Departamento de Limpeza Pública da SMMA, Hélio Bzuneck. Segundo ele, quase todo mundo tem pilha, lâmpada e óleo em casa e quando esses elementos perdem a utilidade, acabam indo para algum lugar e não deve ser para o lixo comum.

Locais
Os PEVs estão instalados no Parque Cachoeira, Prefeitura, Terminal Central, Terminal Vila Angélica, Arquivo Histórico, Praça São Vicente Machado, Praça da Bíblia, UPA e Clínica de Saúde da Mulher.

Para que os resíduos não contaminem o meio ambiente e para que possam ser reaproveitados, alguns cuidados podem ser tomados. As lâmpadas, por exemplo, devem ser depositadas inteiras, porque quando quebradas, o mercúrio contido nelas evapora rapidamente e o material tóxico é disseminado pelo ar. Já o óleo deve ser armazenado em uma embalagem pet fechada e pode ser reaproveitado para fazer sabão. A Secretaria de Meio Ambiente solicita que não seja usado recipiente de vidro para entrega de óleo, pois pode quebrar com facilidade.