Araucária PR, , 22°C

Recurso definirá os classificados

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Fotos: Victor Amaral

Recurso definirá os classificados
União Tupy empatou com Iguaçu por 4 a 4 e garantiu uma das vagas

Tudo tem uma primeira vez, mas nem toda primeira vez é motivo para se comemorar. Em 22 edições, o Campeonato de Veteranos do Centro Esportivo Costeira (CEC) nunca tinha tido um recurso. Esse ano, o São Paulo, time tradicional na competição e bi-campeão, criou o impasse: alegou que o concorrente, América, tem na direção uma pessoa suspensa como atleta na competição passada – o que fere o regulamento.
A solução do problema seria dada ontem, em uma reunião da Comissão Disciplinar, formada por dois diretores da Liga Desportiva de Araucária (LDA), o diretor de um time que ficou fora da disputa 2010 e um torcedor atuante. Até o fechamento desta edição, a decisão ainda não havia sido divulgada pelos organizadores do torneio. Se o América for absolvido, estará com a 3ª vaga para a fase semifinal.
Por enquanto, os únicos com as vagas garantidas são: Juventos e São Paulo (cada um com 10 pontos) e União Tupy (que, com 7, pode ficar em 3º ou 4º). Se o América for condenado e desclassificado, o Iguaçu fica com a última vaga. Como na próxima fase os times jogam em cruzamento olímpico (1º contra 4º e 2º contra 3º), só depois da decisão do recurso será possível saber quem vai enfrentar quem.

Recurso definirá os classificados
Juventus atropelou o do Seminário: venceu por goleada de 9 a 1

Jogos
O União Tupy garantiu a classificação à frente do Iguaçu com um empate suado, na tarde de sábado, dia 19. Pelo Tupy, Hilario Santos, Rogério Moiseis, Florencio Denk e Nilo Pereira chutaram a bola para balançar a rede. Pelo adversário, José dos Santos foi o destaque: ele marcou três gols e João Baida mais um. Placar final: 4 a 4, com três cartões amarelos para jogadores do Iguaçu.
Na manhã de domingo, dia 20, foi a vez de Juventus confirmar a vaga em cima do Seminário, já sem chance de classificação. O time não teve dó e goleou o concorrente por nada menos que 9 a 1. Quem assistiu apenas ao 1º tempo nunca imaginaria esse placar, porque o Juventus saiu para o intervalo vencendo por 1 a 0, mas, na volta, ele destruiu. Juaro Bobgler marcou quatro gols, Marcio Bilobran, dois, e Nilson Cesar Oleinik, Ivai Dias e Paulo Oliveira, um cada. Marcos Czaeneck diminuiu para o Seminário.

Recurso definirá os classificados