Araucária PR, , 23°C

Resistiu mesmo com a cova pronta

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Uma briga por motivos banais, possivelmente influenciada por bebedeiras e drogas, quase tirou a vida no domingo, 02, de João Almeida dos Santos Filho, 30 anos, que veio de Porto Amazonas – PR somente para trabalhar na obra onde aconteceu a tentativa de homicídio. De acordo com o escrivão Luiz, um grupo de rapazes fazia um churrasco em um posto de saúde que está sendo construído na Rua Tesoureiro com a Rua Tiriva, quando uma discussão aconteceu. “Em seguida alguns deles, três até onde sabemos, foram e fizeram uma cova, já com intenção de homicídio. Após isso foram em direção à vítima, dando vários golpes”, confirmou. Além de socos e chutes, os autores deram entre três e quatro marteladas na cabeça da vítima. Conforme contou a polícia, João só sobreviveu porque outras pessoas que estavam no local separaram a briga e chamaram os policiais. Dois menores e Jackson Halas Gouveia, 30 anos, foram presos por tentativa de homicídio e aguardam procedência da justiça. Além disso, um homem fugiu do local. A polícia tem informações de que é traficante. A vítima está no hospital com uma fratura no braço e traumatismo craniano.