Instalações estão precárias e começam a ameaçar a segurança dos integrantes

Goteiras no telhado, telefone desligado, canos quebrados, rachaduras nas paredes e desabamento do forro. Estes são alguns dos problemas que estão ocorrendo no imóvel locado para a Banda Municipal de Araucária. Segundo seus integrantes, as instalações estão precárias e os danos começaram a surgir desde outubro, bem antes do período de férias.

“Já enviamos vários pedidos de reforma para a Secretaria Municipal de Cultura, mas até agora nada foi feito. Estamos correndo riscos aqui dentro porque o forro do telhado está caindo e pode atingir algum aluno”, disse uma das integrantes.

Ela disse ainda que a expectativa era de que o imóvel fosse reformado no período de férias e quando os alunos retornassem o problema já estaria resolvido. No entanto, as aulas recomeçaram e a situação está ficando cada vez pior. “O mais triste é que os canos estão quebrados e temos que ligar o registro geral para evitar os vazamentos. Com isso, ficamos sem água até para beber. E no banheiro, nos viramos com baldes”, comentou a integrante.

À caminho
Interrogada sobre a questão, a secretária municipal de Cultura e Turismo, Uriema Ehlke Gomes, explicou que as reformas já estão sendo providenciadas. “Sabemos que a Banda está passando por esta situação, mas não tivemos como fazer os reparos no período de férias, pois isso depende de trâmites legais e não apenas de boa vontade. Isso não quer dizer que não vamos consertar o imóvel. Apenas estamos fazendo uma avaliação para verificar o que é de responsabilidade da Prefeitura e o que compete ao proprietário do local”, disse.

Dia 12, uma engenheira da Secretaria Municipal de Obras Públicas esteve na sede da Banda, para fazer o levantamento dos reparos que precisam ser feitos.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe