Tapa-buraco da Prefeitura não durou nem 24 horas

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Tapa-buraco da Prefeitura não durou nem 24 horas

Promessa da Prefeitura agora é re-consertar o asfalto assim que parar de chover por dois dias seguidos

Nunca antes na história deste município o tapaburaco de uma rua durou tão pouco tempo. Estamos falando de uma cratera que insiste em enfeitar um trecho da Avenida Archelau de Almeida Torres, entre as ruas Capivari e Maranhão. A Prefeitura afirmou no início da semana que iria tapar o buraco e realmente o fez na terça-feira, dia 19. O problema é que já no outro dia o recape feito pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) simplesmente começou a rachar e esfarelar. Exatamente, o trabalho feito pela SMOP durou um único dia.

Foram algumas as pessoas que entraram em contato com nossa redação se dizendo indignados com o ocorrido. “Isto ali só pode ter sido serviço de porco. Não pode uma coisa dessas”, disse uma comerciante da região. Uma motorista que passa ali diariamente pra ir ao trabalho também se disse revoltada. “Esta Prefeitura brinca com a cara da gente. É muita falta de respeito”, reclamou.

Entramos em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura na tentativa de tentar entender porque o tapa-buraco aguentou cerca de 24 horas. Segundo nota da assessoria, divulgada no site da Prefeitura, o culpado pelo buraco ter reaparecido foi o grande volume de chuva. No entanto, eles garantiram que o problema afetou apenas a capa asfáltica e não a base do recape. “A base não foi danificada. A chuva afetou apenas a camada asfáltica de CBUQ. Para arrumar novamente é preciso esperar pelo menos dois dias sem chover para refazer a camada de asfalto”, explicou o diretor geral da pasta, Fabiano Mello dos Santos.

Foto: Marco Charneski