A média diária no Procon, no período de 62 dias, ficou em 562 pessoas atendidas

Telefonia fixa, bancos e aparelhos celulares continuam sendo os assuntos que mais geram reclamações pelos consumidores no Procon/PR – Coordenadora de Proteção e Defesa do Consumidor. A informação é da coordenadora Ivanira Gavião Pinheiro, ao divulgar o balanço do primeiro trimestre do ano, quando foram realizados 34.847 atendimentos. Os consumidores foram atendidos por telefone, pessoalmente e por e-mails.

A média diária, no período de 62 dias, ficou em 562 pessoas atendidas. “Essa média vem se mantendo desde meados do ano passado”, informa Ivanira, lembrando que o Procon-PR fechou 2006, com mais de 127 mil atendimentos, o recorde desde a sua criação, em 1991. A coordenadora enfatiza que os números refletem maior consciência do consumidor em relação a seus direitos, que hoje exige qualidade nos produtos e serviços ao mesmo tempo em que valoriza o seu dinheiro.

Como denunciar
Uma das formas de ser atendido pelo Procon-PR é pelo Disque Procon 0800-41-1512, que, no trimestre passado atendeu a mais de 60% do total de consumidores com orientações e informações. O interessado também pode acessar o Procon Responde, no endereço eletrônico www.pr. gov.br/proconpr ou ir pessoalmente no Espaço da Cidadania, Alameda Cabral, 184, esquina com a Rua Cruz Machado, centro de Curitiba, a partir das 9 horas. Para registrar a reclamação é preciso que o consumidor tenha em mãos o RG, CPF, comprovante de residência e da relação de consumo (nota fiscal, recibo, contrato etc).

VEJA TAMBÉM

Compartilhe