Vendendo na Internet | O Popular do Paraná
Compartilhe esta notícia:

Flortcha minha irmã das veis enquando perdendo cabeça e nem sabendo o que fazendo.

Bem, pra iéla perder cabeça non sendo ton difice, uma véis iéu pegando iéla batendo com a cabeça na tela do computador, dizendo que querendo entrar na internet.

Ainda pegando ferro brasa de passa ropa e esfregando no teclado dizendo que tinha que passar um email

Ponhô uma cabeça de alface dependurado nos pescoço, mais duas pregada no cocuruto, umas folha servindo de brinco nas zoreia, os talo nos buraco do nariz e foi tirando aquelas serfi com o cebular, tava fantasiada de horta dizendo que sendo pra fazer o perfil no Alface Buk.

Enton iéu falando, porque non aproveitando indo no gramadón e arrancando uns chumaço de colando na cara toda? Pelo menos já servindo de retrato pra aquele Instagrama!

Flortcha foi falando que nois podemos vender as coisa que só ton incomodando, pela internet e ganhar uns troco, iéu achando boa idéia, vai que renda dinheiro pra trocar Massey Fergurson 61 por Valmet 74.

E Foi tirando retrato dos vaso de carcaça de Tatu, dos tapete de pele de jararaca, das gaiola com os canário que non canton mais, oferecendo as tora dos pinheiro derrubado, estas coisa que só andam incomodando.

Non dando duas hora já aparecendo comprador buzinando no porton, poxa, como funçonando estas tecnologia, agora só encher bolso de dinheiro
Flortcha foi atender a rapaziada e voltando dizendo que iéles mesmo querendo ter conversa com iéu. Mas quem sendo Flortcha??

E Flortcha com os zoio baxo de quem toma comunhon, falando baxinho:
Tudo Fiscal do IBAMA.

Publicado na edição 1245 – 21/01/2021

Compartilhe esta notícia:


Aproveite, cadastre seu email para receber novidades!