Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Dona Adila faleceu em Curitiba na terça-feira, 11 de maio. Foto: divulgação

Adila Hussein Dehaini, mãe do prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania), faleceu nesta terça-feira, 11 de maio, em Curitiba. Ela tinha 94 anos e estava internada no Hospital Marcelino Champagnat.

Nascida na Líbia, Dona Adila era filha de Ali Saleh e Amina Saleh. Veio ainda jovem ao Brasil junto com o marido e dois filhos. Em terras brasileiras foi mãe outras duas vezes, uma vez em Minas Gerais e outra em São Paulo, onde deu à luz a Hissam.

O velório aconteceu na Mesquita Muçulmana do Cemitério Jardim de Allah, onde foi sepultada ainda na terça-feira seguindo o ritual da religião, como desejado por Dona Adila. A preparação do corpo foi feita pelos próprios familiares, com a falecida recebendo três banhos. O primeiro para tirar a impureza, o segundo com ervas canforadas e o último com água pura.

Em seguida, Dona Adila foi enrolada em um pano branco, que a cobriu até o rosto. Em seguida, como manda a tradição, seu corpo foi colocado diretamente em contato com o solo, com um travesseiro feito de terra apoiando sua cabeça, que fica virada em direção a Meca, cidade sagrada para os muçulmanos. Após, a cova é fechada com uma tampa de cimento.

A família, como também manda a tradição, tratou com discrição a partida de Dona Adila, respeitando o ensinamento de um profeta da religião: “o morto sofre quando alguém se lamenta em voz alta”. Para o islã, a vivência do luto é momento de oração, calma e equilíbrio.

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1261 – 13/05/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM