Município ocupa a terceira colocação em nível de empregabilidade no estado

Nos últimos dois anos Araucária tem avançado significativamente no que se refere à qualificação profissional e geração de empregos. Historicamente, o município nunca presenciou tantos investimentos nesse setor. Em 24 meses, mais de oito mil araucarienses já foram qualificados por meio dos cursos oferecidos gratuitamente pela prefeitura. Desses, 47% já estão empregados, de acordo com a Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego.

A criação da SMTE, no início da gestão do prefeito Olizandro José Ferreira, foi o primeiro passo da administração no combate ao desemprego. Até então, Araucária era o município que menos gerava emprego em toda a região metropolitana de Curitiba.

Para se ter uma idéia, mais de R$ 4 milhões já foram investidos em qualificação profissional. Com a instalação de uma sede do Senai, mais de 200 cursos são oferecidos gratuitamente no município, que já formaram 8.700 pessoas. De acordo com uma pesquisa do Instituto Data Censo, 47% dos alunos já estão empregados. “Há anos atrás, os empresários da cidade diziam que não poderiam contratar mão-de-obra local, pois o araucariense não era qualificado. Hoje já não ouvimos mais essa frase”, comemora o prefeito Olizandro.

Esses esforços já estão dando resultado. Araucária saltou da 29ª para a 3ª colocação no ranking de empregabilidade do estado do Paraná. “Esse ano temos razões de sobra para comemorar a Semana do Trabalho, pois temos o maior programa de qualificação profissional do país”, diz Olizandro.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe