EDIÇÃO ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO – 132 ANOS

Além de ser uma cidade em pleno desenvolvimento industrial e comercial, com potencial enorme no setor de agricultura e contar com uma ótima estrutura urbana, Araucária reserva outros tesouros. Em 2021, três talentos levaram o nome do município aos mais diversos lugares do mundo. Alex Witkovski, Rayssa e André se destacaram no esporte e na música, emocionando e levando todos os araucarienses a torcerem juntos por eles.

De Araucária para a telinha da Globo!

“Araucária foi onde eu cresci, aprendi, amadureci, conheci pessoas incríveis. Desejo um feliz aniversário a Araucária, a cidade linda e muito bem cuidada que é!” – Rayssa. Foto: divulgação

Rayssa Rafaela Dias da Costa, de 12 anos, surpreendeu o público que ainda não a conhecia por sua voz, simpatia e confiança nas apresentações no palco do The Voice Kids. Ao lado de outros participantes, a garota conquistou o coração de milhares de telespectadores e, consequentemente, seu espaço na música.

Em entrevista, Rayssa conta que nunca tinha parado para pensar sobre as suas expectativas em relação ao programa, mas destaca a importância disso para o seu amadurecimento musical. Criada em Araucária, ela já se apresentou em vários locais e, apesar do talento nato para os palcos, a cantora vem se dedicando aos estudos. Segundo ela, o maior aprendizado deixado pelo programa em sua carreira foi o conhecimento.

A cantora também não esconde as dificuldades de se expor ao julgamento do Brasil inteiro e aconselha os que sonham em entrar para o mundo artístico, para que aprendam a lidar com as críticas. “Quando você entra na internet, não importa a idade, a cor, o gênero, você vai receber muitas críticas! Por isso, precisa estar preparado. É legal fazer sucesso? É! Pode desistir? Não! Mas é fácil? Nem um pouco!”, diz a cantora.

Carreira decolando!

” Quero dizer que sou muito honrado e grato por ser araucariense, e cada lugar desse país que passo representando nossa cidade cantando, sinto muito orgulho. Deus abençoe nosso povo, nossa cidade. Estaremos sempre juntos!” – André. Foto: divulgação

Somando 18 anos de carreira, o filho de seu José Batista da Rosa e da dona Filomena de Barros, viu sua carreira tomar um grande impulso no ano de 2021. Conhecido pelos araucarienses por ter se apresentado nos principais espaços de entretenimento e eventos do município, não foi surpresa assistir o cantor e compositor André Di Barros brilhar fora dos palcos do município.

Fruto de muito trabalho e dedicação, em 2019 André foi um dos finalistas do maior reality sertanejo do Brasil e não parou por aí. Ele também participou de alguns realitys musicais na TV aberta. Outro presente para os fãs do cantor foi a sua participação no Villa Mix Festival, no time da dupla César Menotti e Fabiano, transmitido pelo canal Multishow.

Ao se apresentar no Festival, André conquistou a atenção da dupla de sertanejos, conhecidos por hits como “Leilão”, “Sem Medo de Ser Feliz” e muitos outros. Os cantores sentiram o potencial do araucariense e o convidaram para o feat intitulado “Ela se Tratou”. “Eles são dois anjos que Deus colocou em meu caminho. Eles são muito mais queridos e humanos do que mostram na TV ou nas redes sociais. Foi uma honra muito grande gravar com eles minha nova música de trabalho “Ela se Tratou”, conta André.
Com cinco álbuns gravados e dois DVD’s, e presente na Netflix com o programa “Canta Comigo”, produzido pela Rede Record, André já prepara os fãs para muitas novidades em 2022. Além da volta aos palcos, o músico está gravando sua próxima música de trabalho, em parceria com alguém bem conhecido, mas ele não deu pistas sobre o nome desse ou dessa artista, preferiu deixar os leitores do O Popular na expectativa.

De Araucária para Tóquio

Primeiro desejo parabéns a essa linda cidade, que pretendo morar e representar o resto da minha vida.Segundo, agradeço a todos que de alguma forma me ajudam, o esporte paralímpico é grato!” Alex – Foto: Marco Charneski

Araucária ganhou o coração do paratleta Alex Witkovski. Pai de duas filhas, o jovem de 29 anos não nasceu no município, mas constituiu e carreira na cidade, que hoje é seu lar. Treinando pesado, a ida até os Jogos Paralímpicos de Tóquio em 2021 foi a realização do sonho do esportista, mudando suas perspectivas para 2022.

Ficando em 4° lugar no ciclo paraolímpico, Alex conta que a preparação da equipe brasileira para Tóquio foi muito intensa. “As expectativas eram imensas. Não acreditava que tinha sido convocado para a Paralimpíada. Foram sete etapas de treinamento antes da viagem à Tóquio. Me surpreendi demais lá com a cidade e a cultura japonesa. Fomos muito bem recebidos pela população, o carinho deles por nós foi surreal”, relembra o atleta.

Na intenção de escrever seu nome na história do vôlei sentado, Alex está construindo uma trajetória solida com o apoio e o carinho da torcida. Atualmente ele se prepara disputar o Campeonato Mundial, que irá ocorrer em Hangzhou, na China. O paratleta pontua que, apesar do município não ter nenhum programa de incentivo ao esporte paralímpico, muitas oportunidades novas estão surgindo.

“Queria agradecer de coração todo o carinho que recebi durante e depois da ida ao Jogos Paralímpicos, não imaginei que teria tanta repercussão. Recebi muitas mensagens diariamente e isso me motivava demais a continuar me dedicando ao máximo sempre. Quero deixar aqui registrado todo meu carinho por vocês”, agradeceu o atleta.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Se essa rua fosse minha

EDIÇÃO ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO – 132 ANOS Sem o nome e o número de uma rua, seria impossível localizar um endereço em qualquer cidade do

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp