Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Em maio, Lisandra Fátima de Sales e o marido, Ronaldo, completam três meses desde que foram dispensados do emprego. O casal foi atingido pela crise econômica, consequência da pandemia de covid-19, e agora enfrentam dificuldades para pagar as contas do mês, além de manter o aluguel e a comida na mesa. Lisandra conta que faltam desde alimentos até produtos de higiene pessoal. “Nunca passamos por essa situação, sabe? Sempre trabalhamos para pagar as contas em dia e tivemos como ajudar outras pessoas. [Agora,] estamos até com o aluguel atrasado e o dono pediu a casa, mas não podemos sair para a rua”, revela.

Lisandra é auxiliar de cozinha e serviços gerais, e Ronaldo é eletricista. O casal está distribuindo currículos, mas até o momento não conseguiram um novo emprego. “Estamos na luta, temos que tentar. Já trabalhei na Risotolândia, no Condor, minha carteira de trabalho está cheia. Só que ninguém chama para nada, nem para uma entrevista”, explica.
A maior preocupação do casal é com a filha de 12 anos, o que motivou o pedido de doações de cestas básicas e alimentos. “O que vier é bem-vindo, as pessoas de bom coração que puderem ajudar, que Deus abençoe”, agradece Lisandra.

Como ajudar

Os alimentos podem ser entregues na casa da família, na Rua da Violeta, número 278 (Casa 1), bairro São Francisco, Araucária. Caso não seja possível contribuir pessoalmente, as doações podem ser feitas por meio de um depósito na conta bancária: Caixa Econômica Federal / Agência 3492 013 / Conta-poupança 67794-5, em nome de Lisandra Fátima de Sales |/ CPF 031.617.939-60. Para saber outras formas de ajudar e contribuir com a família, é possível entrar em contato com Lisandra pelo telefone (41) 99267-7231.

Publicado na edição 1264 – 02/06/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Ajude a encontrar o Vinagre

Uma família do bairro Campina das Pedras está à procura do seu cachorro, o Vinagre.