Pai da lombada

A instalação de uma lombada na rua das Cerejeiras, no bairro Capela Velha, acabou gerando certo estresse entre os vereadores Vagner Chefer (Podemos) e Aparecido Ramos (PDT). Isto porque ambos andaram postando em suas redes sociais que a colocação do redutor de velocidade só havia acontecido em virtude de solicitações que eles fizeram à Prefeitura.

Ambos

Não que importe muito quem foi o autor do pedido e sim o fato dele ter sido atendido, mas é fato que ambos os vereadores identificaram a demanda e oficializaram à solicitação junto à Prefeitura.

Cereja do bolo

Embora ambos os edis tenham feito o pedido, é importante frisar que, segundo o prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania), ele só soube dessa demanda após conversar pessoalmente com Chefer, que lhe reforçou tal necessidade.

Catatau

Importante pontuar que semanalmente são aprovados pela Câmara dezenas de indicações, que são as solicitações feitas pelos edis. Logo, não raramente mais de um vereador faz o mesmo pedido. Então, situações como essas envolvendo Chefer e Aparecido vão acontecer no futuro, como já aconteceram no passado.

Reclamação

E falando em Câmara, vários vereadores aproveitaram a sessão plenária desta terça-feira, 26 de abril,
para reclamar do trabalho do secretário de Obras Públicas, Fabiano Melo dos Santos. Quem iniciou a cornetada foi Pedro Ferreira de Lima (Cidadania), que não é um edil de falar muito. Logo, quando ele abre a boca é sinal de que está bem chateado.

Não atende

Segundo Pedrinho e vários outros vereadores, Fabiano não vem atendendo as demandas da Câmara com relação a execução de serviços que são solicitadas à Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP).

Defesa

O único vereador que acabou fazendo uma defesa do trabalho de Fabiano foi o presidente da Casa, Celso Nicácio (PSD). Ele destacou que o secretário tem sido muito prestativo na resolução de problemas que têm aparecido na execução da obra de reforma e ampliação da Câmara.

Demanda

Embora seja um direito dos vereadores criticar esse ou aquele secretário, importante frisar que a Secretaria de Obras tem uma alta demanda de serviços sob sua responsabilidade e, por consequência, cabe a Fabiano ter que gerenciar toda essa complexa estrutura. É de se mencionar também que estão em execução no Município dezenas de obras, desde pavimentações, até novas edificações, recapes e coisas do gênero, sendo que todas elas estão sob o guarda-chuva do secretário de Obras. Logo, é preciso dar um desconto para ele se eventualmente um ou outro pedido não pode ser atendido.

ICMS

O Governo do Estado transferiu nesta terça-feira, 26 de abril, a última cota de ICMS do mês à Prefeitura de Araucária. Com isso, abril fechou com a cidade recebendo R$ 45,9 milhões desse tributo.

Abril de 2021

O valor recebido neste mês de abril a título de cotas de ICMS é um pouco superior ao que a cidade recebeu no mesmo mês de 2021. Naquela oportunidade caíram nos cofres municipais R$ 41,4 milhões.

Conselho Tutelar Leste

A Câmara aprovou esta semana um projeto de lei que homenageia o advogado Dicesar Beches Vieira. Com décadas de atuação no Município, ele faleceu há alguns anos e agora o vereador Ricardo Teixeira (PSDB) propôs nominar a sede do Conselho Tutelar Leste como Conselho Tutelar Dicesar Beches Vieira. O projeto foi teve o apoio da unanimidade dos edis.

Justa

Importante ressaltar que Dicesar Beches foi (e ainda é) um dos advogados mais respeitados de Araucária. Hoje, seu filho, que tem o mesmo nome do pai, segue honrando a paixão da família pelo Direito. Sem dúvida, estamos diante de uma justa homenagem prestada pela Câmara!

Roçada

A Prefeitura está concluindo o processo de licitação para escolha da empresa que ficará responsável pelos serviços de roçada nas “beiradas” das estradas rurais pavimentadas. Esse tipo de serviço nunca antes havia sido contratado pela Prefeitura. Porém, com o programa de asfaltamento das vias rurais, a demanda surgiu. O certame já tem até vencedor. É a empresa Amauri Ferreira de Lima, que ficará responsável, além da roçada, pela capinação, limpeza e recolhimento do mato. Agora é preciso aguardar o prazo para eventuais pedidos de impugnação do resultado da licitação. Após, já será possível concluir a concorrência e assinar o contrato.

Thomaz Coelho

A primeira tentativa da Prefeitura de contratar uma empresa para revitalizar a Praça Alberto Markowicz, no bairro Thomaz Coelho, acabou não atraindo interessados. Como o certame resultou deserto será necessário uma eventual revisão no edital de licitação da obra e a publicação de novo chamamento.

Instável

Importante ressaltar que não só Araucária, mas outros municípios têm tido dificuldade em contratar empresas do ramo da construção civil. Isto porque, além das exigências necessárias que o poder público faz, o mercado está muito instável, com o preço dos materiais utilizados nessas construções sofrendo muita alteração sem aviso prévio. Assim, essas construtoras ficam temerosas em fazer uma oferta, ganhar a licitação e, no decorrer da execução, não conseguirem comprar o material pelo preço estimado (isto quando o material é encontrado).

Novos médicos

A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) conseguiu contratar recentemente novos médicos para atuar na rede municipal de saúde. A contratação é por concurso público e foram nomeados um médico oftalmologista, um ortopedista, dois neurologistas, dois generalistas e um pediatra. A torcida agora é para que esses profissionais fiquem nos empregos, já que segurar médico por meio de concurso público em qualquer município do país é coisa rara.

Não vale a pena

Segundo profissionais ouvidos por esta Coluna, atualmente é muito difícil você convencer um médico a ficar vinculado a um concurso público. Isto porque o salário não é atrativo e a necessidade de cumprimento diário de carga horária também é um empecilho. Na iniciativa privada os salários tendem a ser maiores e esses profissionais organizam suas agendas para poder atuar em vários locais ao longo da semana, o que nem sempre é possível na administração pública.

Publicado na edição 1309 – 02/05/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

O Rio Iguaçu (Parte 2)

O Rio Iguaçu inicialmente adentra o município apenas pela margem esquerda na Zona Rural após a foz do Rio Maurício, limite da Fazenda Rio Grande,

Vendendo o Monza

éu resolveu vender o Monza Cor de Bosta Fresca de Vaca Malhada, pra tocar por um altomóve mais moderno, mais novo, quem sabe uma destas

Década de 20

Nas primeiras décadas do século XX, Araucária ainda era uma cidade pequena, onde a maioria das residências estavam ao redor da Praça Dr. Vicente Machado

Avanços necessários!

É inegável que a cidade de Araucária obteve muitos avanços ao longo dos últimos anos em várias áreas, principalmente no que diz respeito ao transporte

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp