Araucária PR, , 10°C

Descaso com os aposentados

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Sem a parcela do 13º salário, sem a expectativa do reajuste no abono e sem reenquadramento. Essa é a situação dos aposentados da Prefeitura Municipal de Araucária.

Já é tradição o pagamento da 1ª parcela do 13º salário no mês de junho aos servidores aposentados. Dessa vez foi diferente. Não receberam e nem foram comunicados.

Cabe esclarecer que parte dos benefícios é pago pelo FPMA e pela Prefeitura. E como a prefeitura não efetuou o depósito, o FPMA não pode realizar o pagamento. Em reunião, com Conse­lheiros do órgão, representantes da Secretaria de Finanças afirmaram que não há recursos disponíveis no caixa da prefeitura nesse momento. E que deve ser pago em novembro e dezembro.

Em relação ao abono, a expectativa era de que o projeto de lei do aumento do vale-alimentação caminhasse junto com o aumento do abono dos aposentados. O reajuste do benefício sempre acompanhou o valor concedido no auxilio dos ativos. Nesse ano foi diferente.

A Prefeitura alega que questões legais impedem o reajuste no abono, em razão dos prazos eleitorais. O projeto não foi encaminhado à Câmara e o prazo legal se encerra no dia 2 de julho.

O reenquadramento está nas mãos do Judiciário, já que desde 2008 a solução administrativa para o caso tem sido negada. Tudo poderia estar resolvido. Mas os governos insistem em não corrigir seus erros com os aposentados do Município.