Pesquisar
Close this search box.

Filho que matou a mãe com requintes de crueldade é condenado a mais de 25 anos de prisão

Filho que matou a mãe com requintes de crueldade é condenado a mais de 25 anos de prisão
Foto: Divulgação.
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Um dos crimes mais bárbaros registrados em Araucária nos últimos anos teve um desfecho nesta quinta-feira (10/08), com a condenação de Lorenzo Cezar Muniz, que matou a própria mãe Ana Maria Muniz, 79 anos no dia 9 de setembro de 2020. Lorenzo foi levado à júri popular e condenado pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Juri a 29 anos e 3 meses de reclusão em regime fechado. Porém como ele já estava preso desde a época dos fatos, restará cumprir 26 anos, 3 meses e 29 dias. Ele também foi condenado pela morte de uma gata, que era o animal de estimação da família, cujo corpo foi colocado em cima da mãe morta.

O julgamento começou às 9h e foi presidido pela Juíza da Vara Criminal de Araucária, Débora Cassiano Redmond. Dos sete jurados sorteados para compor o Conselho, 6 eram mulheres e apenas 1 homem. Após votar em todos os quesitos do processo, eles decidiram pela condenação do réu, e a sentença, com a dosimetria da pena, foi proferida pela Magistrada perto das 20h.

Durante a sessão, houve bastante comoção por parte das irmãs de Lorenzo ao rever as cenas brutais do crime que chocou a comunidade araucariense, inclusive com repercussão nacional. Filho mais novo de Dona Ana Maria, Lorenzo tem 4 irmãs, três delas sempre reprovaram a sua conduta e aguardavam por esta condenação.