Monumentos revelam a história e resgatam a identidade da cidade

Foto: Acervo Arquivo Histórico Archelau de Almeida Torres
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Em vários cantos de Araucária, existem monumentos ricos em história e desconhecidos por muitos moradores locais.

Um deles chega a ficar meio “escondido” das atrações mais divulgadas, é o Monumento Comemorativo ao Primeiro Centenário da Imigração Polonesa em Araucária, que fica na Praça Dr Vicente Machado, ao lado da Matriz do Santuário Nossa Senhora dos Remédios, bem no centro da cidade.

Foi construído em 1971, na época do então prefeito Rízio Wachowicz. A inauguração se transformou em um momento solene, que movimentou a comunidade araucariense. Naquele dia, se reuniram na praça central, vários descendentes dos primeiros imigrantes poloneses, entre eles os senhores Miguel Grabowski e José Gondek e do então Vereador Ludovico Gondek. Na ocasião também aconteceu uma benção proferida pelo saudoso Bispo Dom Inacio Krause.

O fato curioso em torno desse monumento é que quando inaugurado, foi assentada embaixo dos seus pilares, uma caixa lacrada, uma espécie de cápsula do tempo, contendo mensagens escritas por cidadãos poloneses, objetos, documentos, fotos e até filmagens, tudo relacionado à imigração, para serem apreciados por futuros habitantes.

A caixa deverá ser aberta em 2071, quando serão completados 200 anos da imigração polonesa em Araucária. Para quem está ansioso em ver o que tem dentro da caixa, é preciso ter paciência, pois ainda faltam 48 anos para que as relíquias sejam reveladas.

Monumentos revelam a história e resgatam a identidade da cidade
Uma caixa lacrada foi assentada nos pilares do monumento, contendo objetos, documentos, fotos, relacionados à imigração, para serem apreciados por futuros habitantes

Portal Polônico

Inaugurado em 9 de abril de 2000, na ocasião do encerramento do IV Congresso Polônico da América Latina, o Portal Polonês também traz “escondido” em meio aos elementos arquitetônicos que o compõem, uma urna com dados históricos e uma placa que convida os habitantes do ano de 2.500 a testemunharem o que lá foi depositado.

Assim como o Monumento da Praça da Matriz, o Portal também foi inaugurado no mandato do então prefeito Rízio Wachowicz e presta uma homenagem aos primeiros imigrantes poloneses que chegaram em Araucária. Igualmente, no dia em que foi inaugurado, foram depositadas várias coisas em uma caixa, em uma espécie de arca, que foi lacrada e concretada no portal.

O portal está localizado na Avenida das Araucárias, no bairro Barigui, e sua construção apresenta duas fases da arquitetura do imigrante polonês no município, combinando elementos arquitetônicos da casa de troncos da segunda metade do século XIX e posteriormente da casa de tábuas de pinheiros. Os lambrequins também caracterizam essa última fase.

Monumentos revelam a história e resgatam a identidade da cidade
Portal polonês tem uma urna com dados históricos e uma placa que convida os habitantes do ano de 2.500 a testemunharem o que lá foi depositado

Compartilhar
PUBLICIDADE