Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Moradores da área rural de Onças continuam na bronca por conta dos constantes problemas no abastecimento de água, fornecida pelos poços artesianos existentes na comunidade. Segundo eles, a bomba vive estragando, e com isso, dezenas de casas ficam sem receber água. “Tem um poço novo aqui que não foi ligado ainda, e isso poderia melhorar o fornecimento. Estamos sofrendo com a constante falta de água e isso poderia ser resolvido, já que pagamos pelo uso da mesma”, criticou uma moradora.

Outro morador disse que quando ocorre problema no poço, caminhões pipa fazem o abastecimento das casas, porém somente aos domingos. “O poço já não comporta abastecer tantas residências, eles dizem que a bomba é fraca e não aguenta puxar tanta água. Isso precisa ser revisto porque pagamos uma taxa de água e queremos receber o serviço”, disse.

A respeito da situação, a Prefeitura de Araucária explicou que há alguns anos instalou poços nas comunidades rurais para o abastecimento de água nas casas. No entanto, foi celebrado acordo com a Sanepar, para que a Companhia realizasse as obras relativas à ampliação ou remodelação desses sistemas. Explicou ainda que cada comunidade foi orientada pela Sanepar e recebeu treinamento para a boa condução das estruturas instaladas, até porque o adequado funcionamento, cobrança e manutenção dos poços é responsabilidade das mesmas. Já ao município, compete fazer a fiscalização e viabilização dos serviços de água e esgoto.

A Prefeitura lembrou ainda que os poços instalados tinham capacidade para atendimento de um número estabelecido de famílias. Porém, com o tempo, observou-se que mais moradores passaram a usar essas estruturas e a vazão de água hoje não é mais suficiente para atender toda a demanda.

Sobre o poço de Onças

Na última sexta-feira, 14 de maio, a Prefeitura e a Sanepar fizeram uma reunião, onde também foi abordada a situação dos poços, inclusive o de Onças. Foi enviada solicitação à Companhia para que encaminhe um técnico para verificar as condições do funcionamento do atual poço da localidade, o qual, segundo a comunidade, vem apresentando problemas elétricos ou na bomba.

Ainda, a Prefeitura está aguardando a Sanepar enviar a documentação para celebração do termo aditivo para efetivação das obras e compra de equipamentos que colocarão em funcionamento um novo poço nessa região. A Companhia informou que deverá enviar os documentos nos próximos dias.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1262 – 20/05/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM