Araucária PR, , 23°C

Professores recebem de Zezé netbooks do projeto UCAA

Fotos: Carlos do Valle

Professores recebem de Zezé netbooks do projeto UCAA
Zezé diz porquê considera importante o projeto UCAA 

Em cerimônia realizada na última terça-feira, dia 22, no Centro Municipal de Formação Continuada, 93 professores da rede municipal de ensino receberam cada qual um computador do projeto “Um Computador Por Aluno em Araucária” (UCAA). Estes docentes lecionam nas escolas Pedro Biscaia (Campina da Barra), Prefeito Aleixo Grebos (Vila Angélica) e Ayrton Senna da Silva (Jardim Industrial), as três primeiras a serem beneficiadas com a implantação do projeto, segundo informações da assessoria de comunicação da Prefeitura.
De acordo com o prefeito Albanor José Ferreira Gomes (PSDB), a primeira fase do UCAA contempla 15 escolas (veja lista ao lado). “Nesta primeira etapa, serão beneficiados sete mil alunos, que contemplarão 15 escolas da rede municipal de ensino. Um novo processo de licitação já está sendo aberto e, até o final do ano mais escolas receberão os equipamentos”, garantiu, acrescentando: “Esse projeto tem um valor imensurável para os nossos professores e alunos. Com a chegada desses equipamentos, a nossa educação poderá avançar ainda mais, pois contamos com profissionais dedicados e competentes”.
Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, os netbooks que foram entregues aos educadores possuem moderna tecnologia, atendendo às recomendações da Prefeitura de Araucária quanto à universalização do ensino, à mobilidade, e à imersão digital de alunos e professores. Os computadores possuem modelos padronizados para a educação, com softwares e aplicativos educativos. Eles também possibilitam o acesso à internet via wirelles (rede sem fio) e não tem valor mercadológico.
Por sua vez, a secretária de Educação, Maria José Dietrich, adiantou que os professores alcançados pelo UCAA já receberam formação de como utilizar os equipamentos. No entanto, novos cursos de aperfeiçoamento, que permitirão explorar os recursos disponíveis nos computadores, devem acontecer em breve. “Os professores estão recebendo os equipamentos para desenvolverem atividades que possam encantar os nossos alunos”, afirmou.

Professores recebem de Zezé netbooks do projeto UCAA
Secretária de Educação acredita que projeto encantará os alunos

15 escolas
As escolas municipais que receberão os equipamentos nesta primeira fase são: Pedro Biscaia, Ayrton Senna da Silva, Juscelino Kubitschek, Eglé Pinto, Aleixo Grebos, Elírio Pinto, Ambrosio Iantas, Egipciana Carrano, Ceci Cantador, General Celso Daltro Santos, Planalto dos Pinheiros, João Sperandio, Centenário, Alderico Ozório e Professora Silda Ehlke.

Sete mil beneficiados
A Secretaria de Educação ainda não informou quando os mini netbooks finalmente chegarão às três escolas beneficiadas neste primeiro momento. No entanto, isto deve acontecer em breve. O que se sabe, é que a Prefeitura comprou 3.500 computadores que beneficiarão sete mil alunos. Cada equipamento deve ser utilizado por dois alunos, um em cada turno escolar.
Só em equipamentos, a Prefeitura pagou a empresa Positivo Informática S.A. R$ 3,7 milhões. Além dos 3.500 notebooks educacionais também foram comprados 560 netbooks para uso dos professores, equipamentos para serem utilizados como servidores de rede, sistemas de comunicação sem-fio (wireless) e 7.000 (sete mil) “pen-drives”. 

Na campanha, alunos levariam netbooks pra casa
Durante a entrega dos 93 netbooks para os professores das três escolas que serão beneficiadas pelo UCAA neste primeiro momento, o prefeito Albanor José Ferreira Gomes (PSDB) fez duras críticas às pessoas que criticam o projeto. Até aí, tudo bem. Afinal, ele tem esse direito. No entanto, chamou a atenção dos presentes quando Zezé afirmou que nunca teria dito que os alunos poderíam levar os mini-netbooks para casa. No entanto a afirmação é diferente do que foi prometido durante a campanha eleitoral.
Ao lado, reproduzimos um folder distribuído pelo prefeito durante a campanha de 2008. Nele, o tucano aparece todo sorridente segurando um modelo semelhante ao computador que prometeu distribuir para cada aluno da rede municipal de ensino de Araucária, caso fosse (como foi) eleito.
No verso do panfleto, a promessa é explicada de forma mais clara, sob o título “Na escola e em casa também”. Lá, Zezé garante o seguinte: “agora toda criança e jovem em idade escolar vai ter um computador portátil. Além de fazer uso na escola, vai poder levar para casa. Usar em pesquisas, fazer tarefas e trabalhos fora do horário de aula”.
No mesmo panfleto, ele ainda escreve: “Para complementar, os computadores portáteis vão poder acessar a internet em todas as escolas e em casa”. Finalizando o folder, ele garante: “através desse computador portátil as residências próximas às escolas e aos prédios públicos também terão acesso à internet, sem custos. Toda família estará conectada à rede mundial de computadores”.
Como se não bastasse os panfletos, nos programas eleitoriais veiculados em rádio e televisão, Albanor também reforçava a promessa.
Como se vê, a promessa feita é, sim, diferente, pelo menos até aqui, do que o projeto UCAA pretende propiciar.Professores recebem de Zezé netbooks do projeto UCAA
 

Leia outras notícias