Pesquisar
Close this search box.

A operação de combate à violência contra a mulher iniciou hoje e deve durar todo o mês

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Organizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) com abrangência nacional, a operação Átria está a todo vapor em todo o Paraná e deve durar o mês inteiro. A Polícia Civil está nas ruas desde as primeiras horas desta quarta-feira (08) cumprindo mandados contra homens suspeitos de violência contra a mulher.

Além do combate à violência contra a mulher, por meio da apuração de denúncias, instauração de inquéritos policiais, realização de atendimentos às vítimas e cumprimento de mandados de prisão, ela também promove ações educativas, como palestras, orientações e cursos.

A operação de combate à violência contra a mulher iniciou hoje e deve durar todo o mês
Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Essa operação tem a participação das polícias civis de todos os estados e do Distrito Federal, sob coordenação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão do MJSP. Além disso, as polícias civis vão atuar de foma conjunta, buscando sujeito e foragidos pela prática de crime de feminicídio, violência física, psicológica, patrimonial, moral e sexual contra mulheres e outras tipificações.

O objetivo da operação Átria é reposicionar a mulher, retirando da condição de vítima e a pondo em evidência. O nome tem origem da principal estrela da constelação denominada “Triângulo Austral” do hemisfério estelar sul. Tem uma coloração alaranjada e consta na bandeira do Brasil, em alusão à posição de destaque da estrela.