Durante toda esta semana, os agentes de comunitários de saúde de Araucária participaram de uma capacitação nas linhas de cuidados, como parte do projeto de fortalecimento da atenção básica da Secretaria Municipal de Saúde. Divididos em turmas, os profissionais acompanharam as aulas ministradas pela gerência das linhas de saúde da mulher, da criança, do idoso e de doenças crônicas, no Nepes (Núcleo de Educação Permanente e Eventos em Saúde). Entre os assuntos abordados estavam o tabagismo, imunização, odontologia e o benefício do Auxílio Brasil.  

Luciana Miguel, técnica de enfermagem e coordenadora dos agentes comunitários de Araucária, disse que a retomada das capacitações presenciais foi de extrema importância para a classe.  “Durante a pandemia fizemos algumas capacitações online, mas não teve a mesma eficácia que um encontro presencial, onde os agentes de saúde, que são profissionais extremamente essenciais na área de saúde, tem a oportunidade de expor suas dúvidas, trocar experiências e aprender mais sobre suas funções”, explicou.   

A coordenadora lembra que os agentes comunitários são aqueles profissionais que realizam visitas domiciliares, fazendo a promoção e prevenção à saúde de toda a população. Eles visitam os idosos, os hipertensos, os diabéticos, as gestantes, acompanham a situação vacinal das crianças e a saúde da mulher (verificando se ela fez o preventivo, se ela está na idade de fazer a mamografia) e também atuam na saúde do homem, que normalmente não vai ao médico. “Os agentes cuidam da saúde da família inteira, atuando ainda no acompanhamento das pessoas que são fumantes, alcóolatras ou usuárias de drogas”, complementa Luciana.

Segundo ela, o intuito da capacitação é melhorar qualitativamente e quantitativamente os registros nos sistemas de saúde do Município. “Todas nossas visitas são registradas e as informações vão para o sistema nacional do Ministério da Saúde. Por isso é essencial que o agente comunitário de saúde faça o registro de todas as informações corretamente. Agindo dessa forma, conseguimos melhorar ainda mais o atendimento de qualidade à população. Nossos agentes fazem isso com muito carinho e dedicação, a gente percebe o envolvimento de todos nesse trabalho tão importante”, elogia a coordenadora.

Contingente

Araucária conta atualmente com uma equipe de 172 agentes comunitários de saúde, todos regulamentados, que passaram por um processo seletivo público. Estes profissionais estão subdivididos em 16 unidades de saúde, 10 delas são estratégias de saúde da família e outras 6 são equipes de atenção primária.

“Todas as unidades de saúde de Araucária possuem agentes, seguindo os critérios populacionais e socioeconômicos de cada comunidade. A Lei determina que um agente pode acompanhar até 750 pessoas, então na área rural temos um número menor de profissionais e na área urbana este número é maior”, ilustra a coordenadora.

Agentes de saúde participam de capacitação para melhorar abordagem às famílias, O Popular do Paraná
Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

VEJA TAMBÉM

Compartilhe