Alunos de Araucária vão participar da etapa nacional do projeto MPT na Escola 2023

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O Colégio Estadual do Campo Professora Ana Kava foi um dos representantes de Araucária no Prêmio MPT na Escola, que promove a seleção e premiação dos melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos por alunos de instituições de ensino públicas, após atividades em sala de aula, sobre o combate ao trabalho infantil.

O Prêmio é nacional, mas passa por três etapas até sua finalização, primeira é a municipal, onde são selecionados os trabalhos que representarão a cidade, a segunda é a etapa estadual, com a inscrição dos trabalhos selecionados na primeira etapa junto ao MPT-PR. Uma comissão julgadora decidirá quais foram os melhores trabalhos em cada categoria e inscreverá o primeiro colocado de cada uma delas na última etapa, a Nacional.

Durante três semanas os alunos do Ana Kava estiveram envolvidos com as atividades do projeto. As turmas de sextos anos A e B e sétimo A foram coordenadas pela professora Telma Rodrigues Annunciado, das disciplinas de Língua Portuguesa e Redação/Literatura, e a turma do sétimo B foi coordenada pela professora Mari Teresinha de Moura Goedert, da disciplina de Língua Portuguesa.

O colégio participou nas quatro categorias do concurso, que são Conto, Poesia, Música e Desenho. Os alunos foram divididos em dois grupos: o Grupo 1, do 4° e 5° ano do ensino fundamental trabalhou o tema “Trabalho Infantil” e o Grupo 2, com alunos do 6° e 7° ano do ensino fundamental, trabalhou o tema “Profissionalização do(a) adolescente/aprendiz profissional”.

Vencedora

Isabelly Krzyanosvski, aluna da professora Telma Rodrigues Annunciado, da turma do 6B, venceu na categoria Conto, na seleção feita pela Comissão do Núcleo de Educação Área Metropolitana Sul e agora vai disputar a etapa nacional. “O conto da minha aluna, intitulado ‘Jovem Profissional’, fala de um reino distante, onde várias crianças e famílias passam necessidades e vivem na extrema pobreza. Nesse reino tem um rei muito rico e poderoso que não liga para o seu povo, e nele trabalham crianças, jovens, adultos e idosos. Para piorar, não há aprendizagem adequada para os jovens. Uma história muito fascinante, com um final muito surpreendente”, comentou a professora.

Outros vencedores

Trabalhos elaborados por alunos de outros colégios de Araucária também foram selecionados pelo Núcleo. Na categoria Desenho o 1º lugar foi da estudante Genesis Marielys Valdez Mendes, do 7º ano do Colégio Cleide Leni Lopes. Na categoria HQ venceu a estudante Giovanna Botão Loureiro dos Santos, do 6º ano do Colégio Lincoln Setembrino Coimbra. O 1º lugar na categoria Artigo de Opinião foi do estudante Anthony Metz Ferreira Landarin, do Colégio Elzeário Pitz.

Edição n. 1370

Compartilhar
PUBLICIDADE