Pesquisar
Close this search box.

Araucária recebe 6 toneladas de alimentos de rede de hipermercados

Os alimentos doados pela rede de supermercados vão ajudar as famílias carentes atendidas pelos CRAs do município. Foto: Marco Charneski
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Araucária recebe 6 toneladas de alimentos de rede de hipermercados
Os alimentos doados pela rede de supermercados vão ajudar as famílias carentes atendidas pelos CRAs do município. Foto: Marco Charneski

Uma rede de hipermercados entregou nessa terça-feira, 6 de abril, seis toneladas de alimentos para Araucária, como parte da sua campanha “Corrente de Esperança”. A entrega aconteceu no CRAS Centro. Os alimentos serão distribuídos para os demais centros de referência do município, para posteriormente serem encaminhados às famílias em situação de vulnerabilidade social.

A secretária de Ação Social de Araucária, Leonice Lara Lacerda, disse que a doação chega em boa hora. “Hoje, temos 8 regionais através do CRAS, que possuem critérios de vulnerabilidade que são avaliados por nossas assistentes sociais da linha de frente, por isso, agradeço o carinho do Condor por estar tendo este olhar neste momento difícil que estamos passando”. Ela disse ainda que a distribuição dos itens será feita de acordo com o critério de vulnerabilidade temporária nos oito territórios atendidos. “Faremos a composição de kits com os alimentos doados (arroz, açúcar, feijão, óleo, café, macarrão, trigo e sal). Há a possibilidade de implementação alimentar, a fim de atender as demandas das famílias”, explicou.

O diretor de operações da rede, Mauricio Bendixen, lembrou que a doação foi feita com itens divididos por categoria, para que a secretaria tenha autonomia na montagem das cestas básicas. “No ano passado já fizemos uma campanha semelhante, mas como a pandemia continua e os reflexos dela estão ainda mais fortes, decidimos criar uma corrente que ajude a população a passar por essas dificuldades com mais esperança e tranquilidade”, destacou.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1256 – 08/04/2021