Araucariense ganha bolsa na Universidade de Cambridge, no
Reino Unido

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A estudante araucariense Larissa de Freitas Lyth, 27 anos, conseguiu realizar um grande sonho: foi aprovada com 100% de bolsa para um curso de Doutorado em História na Universidade de Cambridge, no Reino Unido. E com certeza você já ouviu falar dessa prestigiada instituição, por onde passaram grandes mentes humanas como Isaac Newton, Charles Darwin, Príncipe Charles de Gales, entre outros.
Larissa foi aluna do Colégio João Paulo I desde a pré-escola até o terceiro ano do Ensino Médio, relata como conquistou a bolsa de estudos. “O professor do Colégio, Dandie Bozza, escreveu uma das minhas cartas de recomendação. O primeiro passo do processo é ser admitido na Universidade de Cambridge. Para isso, é preciso enviar um projeto e cartas de recomendação. Além disso, eles conferem suas notas, seu currículo e fazem uma entrevista. Para a bolsa que eu consegui, a Gates Cambridge, eles pedem uma carta de recomendação adicional e também uma redação. Depois há um sistema de ‘ranking’. Os departamentos de Cambridge – no meu caso, o de História – fazem uma lista de três a cinco dos melhores candidatos e essa lista é enviada à Fundação Gates. Por último, a Fundação escolhe os melhores candidatos entre todos os departamentos e faz uma entrevista. Quem passar na entrevista recebe a bolsa. São 80 no total: metade delas é destinada a estadunidenses e a outra metade a candidatos internacionais do mundo todo”, explica Larissa, ressalta que o contexto da bolsa de estudos para Cambridge é diferente das demais bolsas para instituições particulares de ensino, cujo foco é beneficiar candidatos de baixa renda.
Larissa ainda não está no Reino Unido, desde o final de março ela está trabalhando como pesquisadora em Brno, na República Tcheca. “Me mudo para a Inglaterra em duas semanas. Vou ficar no país por quatro anos para fazer o Doutorado, mas gostaria de fazer um pós-doutorado depois, caso tenha a oportunidade. Também gostaria de conseguir um emprego como professora em uma universidade ou então em algum museu, para trabalhar com pesquisa”.
A estudante conta que escolheu o curso de História porque acha bonito pensar que uma versão desse passado que vemos em museus, filmes e livros, de fato existiu. “É interessante ver que pessoas pensavam e viviam de uma maneira tão diferente da nossa, mas que, ao mesmo tempo, nos trouxe até aqui. É incrível entender como esse processo ocorre”.
Orgulho para o Colégio
O diretor geral do Colégio João Paulo I, Carlos Roberto de Freitas, falou com orgulho da ex-aluna e sobre sua grande conquista. “Sempre tivemos estudantes excelentes, que se destacaram. Ela sempre foi excelente aluna, sempre gostou muito de ler, tirou notas ótimas, participava de todas as atividades do colégio. Fora do colégio preparou-se desde cedo fazendo cursos de desenho, pintura em tela, inglês, alemão, espanhol, fez intercâmbio na Inglaterra para aperfeiçoar o idioma inglês, preparou-se muito bem para o sucesso acadêmico e profissional. Conseguiu pontuação para ser aprovada na UFPR ainda na segunda série do ensino médio. Mas cursou história na PUC-PR. Após concluir a universidade fez mestrado na UFPR e logo após o mestrado candidatou-se ao doutorado fora do país, uma vez que no Brasil não encontrou nenhuma universidade que tivesse orientador para o tema escolhido em seu doutorado. Fora do Brasil foi aceita em duas universidades, entre elas está Cambridge. Em ambas ganhou bolsa de estudos integral, o que é um grande feito, uma vez que Cambridge seleciona um único candidato entre aproximadamente cinco mil por ano. Cambridge está entre as mais conceituadas universidades do mundo, juntamente com Oxford. As grandes mentes pensantes do mundo passaram por ali. E a nossa Larissa hoje é uma delas. Parabéns Larissa, todos nós nos orgulhamos de você e temos a certeza que ainda vai galgar caminhos prósperos”, disse o diretor.
maurenn bernardo

Araucariense ganha bolsa na Universidade de Cambridge, no<br>Reino Unido
Araucariense ganha bolsa na Universidade de Cambridge, no
Reino Unido 1
Compartilhar
PUBLICIDADE