O Campeonato Brasileiro Field 2022, que aconteceu na cidade de São Luís, no Maranhão, entre os dias 22 e 24 de abril, teve dois destaques araucarienses. A arqueira Tina Riter sagrou-se campeã na categoria VFTR e vai ostentar este título até o próximo torneio, que ocorrerá em 2024, e Marcos Riter ficou em 2º na categoria VMTR. Esta competição acontece a cada dois anos e tem o objetivo de reunir os melhores arqueiros de todos os polos do Brasil.

Foram três dias de provas, onde o sol escaldante de 40 graus mesclava com momentos de chuva, tornando o ar imensamente pesado, dando aos participantes a sensação de estar dentro de um forno. Ainda que o percurso fosse curto, de 4 Km, o clima tornou a prova um grande desafio, mesmo assim, os arqueiros araucarienses se saíram bem e conquistaram excelentes resultados.

Para completar a prova, cada arqueiro ou arqueira precisou disparar pelo menos 280 flechas em alvos de círculos concêntricos e também em figuras de animais. As 14 estações de tiro estavam posicionadas nas mais variadas distâncias e posições, com tiros para cima e para baixo. “Esta iniciativa da AFB (Associação Field Brasil) teve como objetivo popularizar a prática deste tipo de competição na região Nordeste e com o auxílio da agremiação local, Arqueria Imperial, podemos dizer que foi alcançado integralmente, pois todos os participantes ficaram muito impressionados com os desafios que este tipo de competição pode trazer e estão determinados a continuar promovendo as provas”, observou Marcos Riter.

Ele salientou que o Grupo Arauqüeras está preparando um campo de treino permanente para este tipo de competição, cujo mundial acontecerá na Estônia, no mês de agosto. “A ideia é proporcionar um campo de treino, pois os Arauqüeras terão representantes no Mundial. Na oportunidade serão cinco dias de prova, o que vai testar a capacidade de resistência dos arqueiros, além das suas habilidades”, explicou.

Também para o ano de 2023 o Grupo Arauqüeras vai pleitear a sede do Campeonato Brasileiro de Bow Hunter, o que poderá facilitar a participação dos competidores locais, bem como de outros polos próximos de Araucária.

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp