Candidatos locais vão mal e cidade fica “chupando dedo” novamente

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Ainda não será na próxima legislatura que Araucária voltará a ter representantes na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. Fechadas as urnas no último domingo, 2 de outubro, nenhum dos 22 candidatos a deputado estadual e federal despontou. Com isso, a cidade ficou longe de eleger um nativo.


No caso da disputa para deputado federal, o candidato local mais bem votado foi Ben Hur Custódio de Oliveira (Cidadania), que conseguiu 9.760 votos. Ele, que é vereador, conseguiu 7.350 votos aqui na cidade mesmo e outros 2.410 em outros municípios paranaenses.


Em segundo lugar nesta disputa apareceu Olizandro José Ferreira Junior (PSB), que abocanhou 8.527 votos. 7.338 de seus eleitores foram aqui de Araucária mesmo e 1.189 de outras cidades do Paraná. O terceiro candidato a deputado federal local mais bem votado foi o empresário Eliceu Palmonari, que obteve 3.053 adeptos. A grande maioria dos votos dele, porém, veio de fora de Araucária: 2.103 votos. Os araucarienses que confiaram o sufrágio a Palmonari foram apenas 950.


Todos os outros cinco candidatos locais a deputado federal não conseguiram ultrapassar a barreira dos mil votos.


Assembleia Legislativa


Já na corrida por uma das 54 vagas disponíveis na Assembleia Legislativa, o candidato que mais se aproximou do objetivo foi Leandro da Academia (PROS), que obteve 8.791 votos em todo o Paraná. Destes, 8.064 foram conquistados em Araucária. A segunda colocação no ranking local ficou com Professor Valter (Cidadania). Ele obteve 5.676 votos, dos quais 3.204 vieram de urnas araucarienses. Outros três postulantes locais a deputado estadual conseguiram ultrapassar a barreira dos mil votos neste pleito: Maikel do Guincho (Republicanos), que obteve 2.426, dos quais 1.823 na cidade; Nadir Batista da Silva (PV), com 1.476 votos, sendo que 849 vieram de Araucária; e Valdecir Santos (Solidariedade), com 1.093 adesões, sendo que 787 de seus eleitores votaram aqui no Município.


Comparecimento


Ainda conforme dados da Justiça Eleitoral, dos mais de 100 mil eleitores locais aptos a votar, 85.834 foram às urnas. No caso da disputa para deputado federal, os votos válidos alcançaram 72.504. Outros 8.768 votaram em branco e 4.562 preferiram anular o voto.


Já na corrida à Assembleia, os votos válidos somaram 71.168, com 9.855 eleitores preferindo apertar o botão branco. Outros 4.811 anularam o voto.


Candidatos locais vão mal e cidade fica “chupando dedo” novamente
Candidatos locais vão mal e cidade fica “chupando dedo” novamente 1
Compartilhar
PUBLICIDADE