Pesquisar
Close this search box.

Casa tomada por Carlinhos no Israelense estaria com contato de GM para venda

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Na última semana um vídeo passou a circular em redes sociais, em que supostamente aparecia Paulo Rogério Moraes, conhecido como “Carlinhos”, com um grupo de bandidos caminhando em posse de armas de fogo em uma das ruas na invasão do jardim Israelense.

Nas imagens das câmeras é possível observar quatro pessoas armadas, uma delas com uma arma calibre 12. Após a divulgação dos vídeos, foi iniciada uma operação policial no local a fim de encontrar Carlinhos e sua gangue.

Por outro lado, no início desta semana, a redação deste jornal recebeu a informação sobre o que teria acontecido quando as imagens de câmeras de segurança da região flagraram Carlinhos e os outros elementos armados.

O grupo estaria dirigindo-se a uma casa na invasão a fim de despejar um morador que teria negado-se a pagar as taxas cobradas indevidamente por Carlinhos. Ao chegarem na tal residência, o proprietário e sua família se viram obrigados a sair do local.

Nos dias seguintes, foi colocada uma placa de venda da casa com um número para contato. De acordo com a denúncia recebida por nossa reportagem, uma pessoa teria ligado para o número indicado. Porém, a pessoa que estaria “negociando” a casa, por cerca de R$ 30 mil, seria supostamente um Guarda Municipal.

Sobre isso, a Delegacia de Polícia Civil de Araucária informou que recebeu a ocorrência e que instaurou inquérito para apurar o caso. Já a Secretaria Municipal de Segurança Pública (SMSP), comentou que não tem maiores informações .

Por outro lado, a DP ainda lembrou que taxas indevidas cobradas em áreas de invasão, por exemplo, são crime e devem ser denunciadas.

 

Publicado na edição 1114 – 24/05/2018