Pesquisar
Close this search box.

Coluna do Pescador: Eliziel Dutra

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Natal está chegando e os preparativos já começaram faz alguns dias. A cidade inteira está sendo decorada, tanto nas principais avenidas e ruas, quanto nas praças e parques. Isso sem contar os diversos eventos que estão marcados na programação da 3ª edição do Natal Iluminado de Araucária.

Infelizmente para aqueles que querem marcar uma pescaria, a fase atual da lua não é a mais recomendada. Devido ao aumento nos rios e nas marés, a lua nova não é a mais vantajosa para pegar alguns peixes, então acho que os amantes da pesca terão que esperar alguns dias para voltar à ativa.

No mês passado, em novembro, iniciou oficialmente a temporada do peixe Dourado, que está marcada para finalizar no mês de fevereiro. O Dourado é um peixe de rio, ou seja, um peixe de água doce, e ele pode atingir 1 m e pesar mais de 25 kg.

Um peixe que é muito consumido e apreciado na culinária, tanto pela sua carne quanto pelos seus ovos é a Tainha. E um fato interessante sobre esse peixe, que muitos não devem conhecer, é que a “Tainha” não é apenas um peixe, mas sim um nome que abrange várias espécies.

De forma geral, ela pode atingir 120 cm e pesar cerca de 8 kg, com seu corpo alongado e a boca pequena. A cor pode atingir um verde-oliva ou marrom, com tons acinzentados.

A principal espécie da Tainha é o Mugil Cephalus, também conhecido como Curimã, Tainha-Olhalvo, entre outros nomes. Ele pode chegar a atingir de 60 a 80 cm.

Edição n.º 1392