Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Foto: Arquivo Jornal O Popular

Uma espera de mais de mais quatro horas no atendimento da filha no Pronto Atendimento Infantil, que fica dentro do Hospital Municipal de Araucária – HMA, deixou um pai indignado na manhã desta terça-feira, 26 de outubro. Segundo ele, havia apenas uma médica atendendo na unidade e a fila de espera estava grande, em alguns casos com crianças aguardando para serem atendidas desde às 9h (este texto foi redigido às 13h30).

Procurada pela nossa reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde explicou que o PAI tem três médicos de plantão. O que pode ter ocorrido é um problema pontual, por exemplo, algum profissional ter se ausentado para atender uma emergência ou então para o horário de almoço. “Nas últimas semanas, de fato, a procura por atendimentos no PAI tem sido maior e, desta forma, o tempo de espera também. Isso se deve a diversos fatores e, entre eles, acreditamos que esteja a volta às aulas, pois as crianças voltaram a ter contato e a transmissão de viroses e outras doenças aumenta. Além disso, é importante considerar a classificação de risco do paciente durante a triagem. Casos mais graves e de urgência devem ser atendidos prioritariamente, podendo passar na frente de outros pacientes. A SMSA está reforçando as Unidades Básicas de Saúde com a contratação de 6 novos médicos pediatras. Isso deve desafogar o serviço de urgência e emergência”.

Texto: Maurenn Bernardo

VEJA TAMBÉM