Discussões desnecessárias!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Em nossa última edição, trouxemos com destaque a matéria acerca de um projeto de lei que proíbe em Araucária os chamados banheiros unissex. Como não poderia deixar de ser, a publicação da notícia deu o que falar. Foram milhares as interações nos mais diversos canais mantidos pelo O Popular.

Essas interações eram das mais variadas ordens. Houve quem aprovasse veementemente a normativa. Houve quem não concordasse. Houve quem dissesse não entender a necessidade de tal regulamentação. Houve quem – além de opinar – ainda trouxesse elementos novos para discussão, como a conceituação de banheiro unissex, de uso exclusivo por gênero e do chamado uso compartilhado.

De uma maneira geral, a discussão se deu dentro de uma das regras básicas de convivência, aquela ensinada lá por nossas mamães ainda quando éramos criancinhas, que é de sempre respeitar o coleguinha. Porém, houve quem também se exaltasse desnecessariamente e, incapaz de analisar e opinar de maneira educada, partisse para ataques verbais desnecessários e recheados de um ódio que não combina com o exercício diário de quem precisa viver em sociedade.

Essas pessoas, de um modo geral, ainda estão com dificuldade de entender que sua opinião, por mais precisa que seja, segue sendo a sua opinião. Não devemos – em hipótese alguma – buscar o ataque para tentar forçar nossa opinião. O bom debate é sempre salutar, mas desde que ambos os debatedores estejam munidos do interesse de eventualmente reconhecer que estão errados e/ou interessados em ter o ponto de vista convertido a depender dos argumentos do outro.

Por isso, se você já está com sua opinião formada sobre determinado tema e não está disposto a mudá-la uma vírgula que seja, não entre em discussões desnecessárias. Se preserve, procure os seus e com aquele que pensa diferente de ti fale sobre temas mais convergentes! Assim, todo mundo ganha!

Pensemos todos nisso e boa leitura!

Edição n. 1355

Compartilhar
PUBLICIDADE