DP e GM desvendam assassinato bárbaro ocorrido no Jd Tropical

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A Guarda Municipal de Araucária prendeu no final da tarde de segunda-feira (19/12), André Nogueira, um dos suspeitos pela morte do carrinheiro Damião dos Santos – um senhor bastante conhecido na região do bairro Boqueirão e vizinhanças -, ocorrido em outubro deste ano.

A Delegacia de Polícia solicitou a prisão de um dos suspeitos, após o cruzamento de informações levantadas pela equipe de investigação e outros dados importantes repassados pela Guarda Municipal no decorrer do inquérito. Com o mandado de prisão em mãos, a GMA localizou André no Centro POP (unidade que atende pessoas em situação de rua) e efetuou sua prisão.

Também na terça-feira (20), equipes da DP e da GMA realizaram uma operação para cumprir outros três mandados de busca a apreensão, solicitados à Justiça pelo delegado Tiago Wladyka, em locais com indícios de ilícitos relacionados ao caso do homicídio do Seu Damião. Quatro endereços foram alvo da operação, porém nenhum suspeito foi localizado. Em um desses locais as equipes encontraram vários produtos falsificados, além de cigarros e fogos de artifício, sem notas de procedência. O proprietário do local foi autuado.   

“No decorrer do inquérito, interrogamos o suspeito André, fizemos investigações e diligências e solicitamos o mandado de prisão. Agora com a prisão do André faremos um novo interrogatório e novas diligências para conseguirmos mais elementos que possam converter a prisão de temporária para preventiva”, explicou a DP.

Sobre o crime

Através de uma denúncia anônima, partes do corpo de Damião dos Santos foram encontradas pela Guarda Municipal no dia 11/12, em uma mata localizada no final da rua Lourenço Jankowski, próximo à linha do trem, no bairro Passaúna. A denúncia, recebida no dia 10, apontava que um cadáver estaria enterrado naquela área. No mesmo dia, a GMA deu início às buscas, mas como já estava ficando escuro, as mesmas foram suspensas e retomadas no dia seguinte.

Foram encontrados um crânio e partes de uma ossada humana. A Polícia Civil também esteve no local e o IML fez o recolhimento dos ossos, para posterior identificação. No dia 19/12, populares localizaram e entregaram em uma sacola, outras partes de uma ossada humana, que haviam sido encontradas na mesma região de mata.

Motivação

Segundo denúncias, o crime pode ter sido praticado por mais autores, e todos seriam usuários ou vendedores de drogas. Segundo a DP, a motivação teria sido uma discussão entre a vítima e seus algozes. “No dia dos fatos, Damião estaria alcoolizado e teria discutido com o grupo. Eles o teriam ameaçado com um facão, supostamente cumpriram a ameaça, mataram Damião e esconderam o corpo”, relatou a DP.

Foto: Marco Charneski/Divulgação.

Compartilhar
PUBLICIDADE