O garotinho araucariense Bryan Javorski, de apenas 10 anos, é autista e foi um dos participantes do Miss e Mister Araucária 2022. A mãe Adriana conta que o fato de o filho ser autista não interfere na sua maneira de enfrentar uma passarela, muito menos nos seus sonhos. “O Bryan ama tirar fotos, fazer vídeos, desfilar. Ele sempre diz que seu maior sonho é ser famoso. Meu filho estava inscrito em outro concurso de beleza, que infelizmente foi cancelado, deixando-o bastante frustrado. Por isso decidi inscrevê-lo no Miss Araucária, e ele amou. Não recebeu nenhum título, mesmo assim ficou feliz só de ter ganho uma garrafinha de presente e estar vestido de terno”, comentou a mãe.
Segundo ela, a alegria do Bryan foi tanta que ele já disse que quer se inscrever para o concurso do Miss e Mister do ano que vem. “Eu incentivo meu filho e sempre digo que jamais irei cortar suas asas, pois sei o quão alto ele pode voar. E sei o quanto as pessoas subestimam a capacidade dele por ser um autista, porém o Bryan é um menino super pra cima, feliz, não tem maldade, mesmo quando as pessoas estão sendo maldosas com ele, é muito amoroso”, reiterou.
Adriana lamentou que os concursos de beleza não são inclusivos, pois nos regulamentos nunca consta a participação livre para candidatos com alguma necessidade especial. “A inclusão só é completa quando eles podem estar onde desejam estar”, frisou.

Foto – Carlos Poly

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe