Inquérito sobre morte de mulher que morreu afogada no Rio Passaúna após acidente de carro ainda não foi concluído

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O inquérito que apura a morte da mulher que estava em um veículo Uno que caiu no Rio Passaúna na tarde do dia 30 de novembro de 2022, na Rua Maritaca, área rural de Roça Nova, ainda não foi concluído. Segundo a Delegacia de Polícia de Araucária, as investigações apontam para um homicídio culposo por parte do companheiro da vítima, quando não há intenção de matar.

Ainda de acordo com a DP, o laudo da perícia já foi concluído e apontou que a vítima não apresentava escoriações e que a causa da morte foi afogamento, porém o inquérito está em aberto porque algumas testemunhas ainda estão sendo ouvidas, no intuito de apurar se houve algum tipo de negligência por parte do companheiro.

Relembre os fatos

Chovia muito na hora do acidente e as primeiras suspeitas eram de que o motorista do carro, marido da vítima, havia se perdido na curva e caído no rio. No momento do resgate, o marido, agarrado em galhos, segurava a mulher pelos cabelos para evitar que a correnteza a levasse, porém ela estava submersa. O homem foi o primeiro a ser resgatado com vida e recebeu os atendimentos no local, já a mulher foi resgatada na sequência, mas não resistiu.

Edição n.º 1378

Compartilhar
PUBLICIDADE