Utopia é o nome do projeto social criado por duas estudantes de 22 anos, Jhessica Juliana, que está cursando seu último ano em Serviço Social e Ana Victória, uma graduanda de Psicologia. A ideia das jovens começou a ser colocada em prática esse ano, com o investimento próprio e com a ajuda de alguns doadores e o objetivo é escutar, entender e trazer melhorias em prol da comunidade.

O projeto teve sua primeira ação no domingo, 27 de março, no jardim Monalisa, em um dia de lazer para as crianças, com direito a cama elástica, pinturas no rosto e até mesmo sorteios de kit cesta básica para as famílias. Ana Paula Medeiros foi levar o filho para passar a tarde no local e ficou surpresa com a dedicação das moças. “A partir do momento que a juventude olha e idealiza esse tipo de projeto, a gente cria uma sociedade mais ampla e com mais oportunidades para as nossas crianças”, disse ela.

O principal motivo desse primeiro evento era entender as necessidades da população que ali reside, para isso foi entregue uma ficha para todos os pais presentes no local preencherem. Através das respostas, as meninas pretendem encontrar uma base do que seria possível fazer para ajudar aquela comunidade. Elas disseram que também está nos planos do projeto atuar em outras áreas. “Queremos ir para outros bairros de Araucária e também abraçar grupos, como moradores de ruas, idosos, crianças e cachorros de rua. A gente quer englobar tudo, mas primeiramente o que nós pretendemos é ir de bairro em bairro e tentar entender as necessidades de cada um”, contou Ana. Ela também compartilhou sobre a ajuda financeira que tiveram para a realização desse primeiro passo. “Não tivemos uma arrecadação tão grande para atender todo mundo, mas um morador que atua em conjunto com a associação do Monalisa, chamado Derli, nos ajudou muito e também recebemos algumas doações de pessoas de fora”, relatou a jovem.

Reflexo Social

Jhessica viveu com sua mãe em uma vulnerabilidade social até os 10 anos, foi onde ela conheceu diversos projetos sociais que a ajudaram. Apesar de sua realidade ter mudado para melhor após ter vindo morar com seu pai em Araucária, a referência de sua infância difícil no interior nunca apagou da sua mente. “Quando eu me tornei mãe aos 18 anos, todo esse meu pensamento só se fortaleceu. Através da minha filha, eu tive mais certeza que é nesse processo de infância que a gente constrói um ser humano mais empático, que respeita o meio ambiente e ama o próximo”, argumentou.

A junção dos pensamentos de Jhessica com a paixão por cuidar das pessoas e olhar por elas que Ana desenvolveu na faculdade, resultou nesse projeto batizado de Utopia, cujo significado é “lugar ou estado ideal e de completa felicidade”.

Ajude o projeto

Desde o início do projeto, as duas estudantes vêm se empenhando ao máximo, mas para continuar com esse trabalho social, elas pedem ajuda da população, através de doações de alimentos para montar as cestas básicas e contribuição financeira, para investir em mais ações solidárias. O fone de contato e o PIX para as contribuições é (41) 99886-4451 (Jhessica).

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp