Pesquisar
Close this search box.

Juri de homem que esfaqueou a ex-mulher e a filha foi remarcado

Altair cumpre pena em São Paulo por outros crimes não relacionados ao processo. Foto: Marco Charneski
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O Tribunal do Júri de Araucária remarcou a data do julgamento de Altair Modesto de Almeida, acusado de ter esfaqueado a ex-mulher e a filha de 12 anos, no dia 2 de setembro de 2010. O réu, que está preso em São Paulo, em razão de outro crime não relacionado ao processo, seria ouvido através de videoconferência na quinta-feira passada, 8 de agosto.

A nova data do júri ficou para o dia 28 de novembro, isso porque a defesa insistiu na oitiva da filha de Altair, que não estava presente.

Publicado na edição 1176 – 15/08/2019