Marista Lab: Como estudar de maneira mais eficiente?

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Achar o melhor método de estudo para cada aluno é algo que contribui tanto para sua evolução escolar, como para superar desafios da vida. Seja para concursos, provas seletivas ou até provas da escola, saber como melhor absorver e fixar o conteúdo é essencial.

Para a coordenadora do ensino Médio do Colégio Marista Sagrado Coração de Jesus, Rosangela Dambroski dos Santos, o ideal é que cada estudante teste métodos diferentes para encontrar o que mais se adapta ao seu estilo. “Cada pessoa tem suas características próprias. Enquanto uns conseguem fixar o conteúdo apenas ouvindo, outros precisam escrever ou fazer resumos. O importante é o autoconhecimento para ter uma boa evolução”, explica.

Crie um ambiente de estudo adequado: Certifique-se de ter um espaço tranquilo e livre de distrações para estudar. Isso pode incluir uma mesa e cadeira confortáveis, boa iluminação e acesso a materiais de estudo.

Faça um planejamento de estudo: Organize seu tempo e seus recursos de maneira eficaz. Use um calendário ou planner para planejar seus estudos diários, semanais e mensais. Isso ajudará a evitar a procrastinação e garantir que você tenha tempo suficiente para cobrir todo o material.

Mantenha o foco: Evite distrações desnecessárias, como o uso excessivo das redes sociais, assistir TV ou conversar com amigos durante o tempo de estudo. Concentre-se em uma tarefa de cada vez e evite multitarefas.

Pratique a autodisciplina: Estabeleça metas realistas e tente alcançá-las. Evite deixar tudo para a última hora e aprenda a dizer “não” a atividades desnecessárias para que você possa se concentrar em seus estudos.

Faça pausas regulares: O estudo por longos períodos de tempo pode ser cansativo e diminuir a capacidade de concentração. Faça pausas regulares para relaxar, esticar as pernas e reabastecer-se com água e lanches saudáveis.

Além de ler, escreva: somente a leitura pode causar distrações. Quando o conteúdo é resumido no papel, em forma de texto, desenho, esquema ou tópicos, o estudo se torna ativo e o cérebro fixa melhor o aprendizado.

Envolva-se na aprendizagem: Seja um participante ativo em suas aulas e estudos. Faça perguntas, participe de discussões em grupo e peça feedback aos seus professores e colegas.
Lembre-se de que o aprendizado é uma jornada contínua, por isso continue experimentando e descobrindo o que funciona melhor para você.

Edição n. 1358

Compartilhar
PUBLICIDADE