Pesquisar
Close this search box.

Moradores do Centro reclamam dos ataques constantes sofridos por cachorro de rua

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Moradores da região central de Araucária estão aflitos com a situação de um cachorro que ataca quem passa pela rua Jacob Dranka, próximo ao CMEI Jardim do Conhecimento. A população relatou que o animal já avançou em várias pessoas e alguns comerciantes trabalham de portas fechadas para evitar que o cachorro ataque os clientes, além de alguns entregadores evitarem descer na região por conta do medo.

Os moradores entraram em contato com a Prefeitura para solicitar auxílio, mas nesses casos, não existe um órgão responsável para recolhimento de animais. Ao contrário do que muitos acreditam, a Unidade de Vigilância de Zoonoses, que é um órgão da Divisão de Saúde Ambiental e do Trabalhador, não recolhe animais, sua função é a prevenção, monitoramento e controle de zoonoses e de acidentes causados por animais peçonhentos e venenosos.

A Guarda Municipal informou que em situações como essa é recomendável que a pessoa ligue diretamente na Secretaria do Meio Ambiente. No entanto, a GMA explicou que é possível sim fazer uma denúncia e solicitar o comparecimento de uma equipe no local para verificar a situação e, se for o caso, acionar o Meio Ambiente para possível retirada do animal das ruas.