Na próxima semana

A partir da próxima segunda-feira, 26 de julho, o sistema TRIAR passa a ter três novas empresas transportando os passageiros de Araucária. Será um dos últimos episódios de um processo de licitação que se iniciou lá em meados de 2019 e que desde então se tornou palco de muitas batalhas, algumas delas travadas dentro da regra do jogo. Mas também outras tantas com muita canelada, entrada por trás, chute abaixo da linha da cintura e toda e qualquer outra sacanagem que você possa imaginar.

Detalhes

E quando dissemos que o início da operação na próxima semana é um dos últimos capítulos dessa novela é porque ainda existem alguns detalhes pendentes de resolução. Isso porque duas empresas que ficaram atrás das vencedoras na licitação questionam judicialmente itens das propostas vencedoras. Por conta disso, pode haver um pouco mais de demora para assinar em definitivo o contrato de concessão do transporte desses lotes. Enquanto isso não se resolve, a prestação do serviço deve se dar por meio de contrato emergencial.

Segurança Pública

O prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania) decidiu que, pelo menos por enquanto, não fará a consulta aos guardas municipais para decidir quem substituirá José Fortes Couceiro no comando da Secretaria Municipal de Segurança Pública (SMPS). Com isso, o então diretor geral da pasta, Antônio Edison dos Santos de Souza, que respondia interinamente pela SMSP, passa a ser o secretário. O decreto alçando Antônio a titularidade da pasta já foi publicado em Diário Oficial.

Acertada

A decisão de Hissam de não promover a consulta foi acertada. Pelo menos tendo em vista a boataria que corria nos bastidores da corporação desde que Fortes deixou o comando da Secretaria. Acontece que vários grupos de guardas estavam se articulando para vencer a disputa interna, sendo que muitos desses feudos estava utilizando como moeda de troca pelo voto do colega a promessa de uma das 25, 30 funções gratificadas que o comandante da pasta pode nomear. Ou seja, plano de trabalho voltado para melhoria da segurança pública da cidade ficou em terceiro, quarto plano.

R$ 1 milhão

O deputado federal Gustavo Fruet acaba de destinar R$ 1 milhão em emendas para Araucária. Esta semana a assessoria do parlamentar entrou em contato com o secretário de Planejamento, Samuel Almeida da Silva, para comunicar a boa nova e solicitar que a Prefeitura promovesse as ações administrativas necessárias para receber os valores.

Saúde

O R$ 1 milhão que Gustavo Fruet destinou a Araucária está dividida em duas emendas. Ambas para a área da Saúde. Uma no valor de R$ 600 mil para aquisição de equipamentos e outra no valor de R$ 400 para despesas correntes com a atenção básica.

PSL de Araucária sob nova direção

foto: divulgação

O deputado estadual Fernando Francischini, que também é presidente do diretório estadual do PSL, esteve em Araucária nos últimos dias. E veio para promover algumas mudanças no comando da legenda no Município.

A legenda, que nas eleições do ano passado, lançou candidato a prefeito e na Câmara atuava no campo de oposição, agora será comandada por aliados do prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania).

A nova composição da provisória municipal do PSL será atualizada junto à Justiça Eleitoral já por esses dias e trará o atual diretor geral da Câmara de Vereadores, Cleber Soczek de Souza, como presidente.

Além de Cleber, também integram a provisória Fernando Ramos de Oliveira (vice-presidente), Fabiano Leite da Silva (1º secretário), Lincoln Roberto Stygar (2º secretário), Ivandro Negrelo Moreira (1º tesoureiro), Tiago Jesus da Silva (2º tesoureiro), Esmael Padilha (1º vogal), Claudio Pereira de Mello (membro) e Alexandre Jacinto (membro).

A nova direção do PSL é muito próxima ao vereador Ben Hur Custódio de Oliveira (Cidadania), que estaria entre os articuladores dessa tomada de espaço do partido, que até então estava sob a influência de Robison Furmann, Gustavo Botogoski e Amanda Nassar. O trio, aliás, como se sabe, não se bica com Ben Hur.

Logo, é impossível não considerar a mudança no comando do PSL como uma vitória política de Ben Hur sobre Amanda e Cia. A ex-presidente da Câmara, aliás, deveria ser candidata a deputada em 2022 pelo próprio PSL. Agora, se os planos de disputar a eleição ainda permanecerem, ela terá que procurar outra casa.

Importante pontuar ainda que, nessa articulação de tomada do PSL municipal, Ben Hur escolheu para presidi-lo um de seus braços direitos, o advogado Cleber Soczek. Atual diretor geral da Câmara, Cleber já ocupou o posto de procurador jurídico e também de DG da Casa quando o vereador a presidia, no biênio 2017-2018.

A troca de comando no PSL também deve trazer um pouco mais de tranquilidade para o vereador do partido na atual legislatura. Vilson Cordeiro, o Grilo. Ele já teria sofrido pressões para que fizesse oposição ao atual governo, vez que fora eleito por uma sigla de oposição. Grilo, porém, não cedeu. Tanto não cedeu que abriu mão da presidência da Câmara, entregando-a a um aliado de Hissam. Logo, a rumada do PSL para a base do prefeito ajudará Grilo a dormir mais tranquilo.

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1271 – 22/07/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

NOTAS POLÍTICAS

Rubens em Araucária O deputado federal Rubens Bueno e presidente estadual do Cidadania esteve em Araucária nesta segunda-feira, 4 de abril. A visita dele já

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp