Nutricionista entra para o fisiculturismo e conquista seu primeiro título

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Nutricionista entra para o fisiculturismo e conquista seu primeiro título
A nutricionista Izabela decidiu iniciar no fisiculturismo para vivenciar o que ensina para os seus pacientes. Foto: divulgação

Praticante de musculação há cerca de 8 anos e dedicada a uma rotina regrada, com exercícios e alimentação saudável, a nutricionista Izabela Loruama Vilas Boas sempre sonhou em se tornar uma atleta. “Sou formada em Nutrição Esportiva há 3 anos, atuo em Araucária e sempre gostei muito da área esportiva, pois envolve emagrecimento, hipertrofia e principalmente qualidade de vida”, disse Izabela. Firmada nesse propósito de cuidar do corpo e da saúde, a nutricionista resolveu investir ainda mais em si mesma e entrou para o mundo do fisiculturismo, se tornando uma atleta fitness. “Acredito que tudo o que ensinamos em nossa área, devemos viver e sentir na própria pele, para saber as maiores dificuldades e quais estratégias devemos utilizar com nossos pacientes. Por isso entrei para o fisiculturismo, para poder viver tudo aquilo que aplico na profissão e ser um exemplo para meus pacientes”, disse a atleta.

Focada no seu sonho, Izabela mudou a rotina de treinos, a dieta e o corpo e em apenas três meses já conseguiu seu primeiro título. Competiu no IV Troféu Larissa Cunha de Fisiculturismo, na categoria Bikini Model, e ficou em 3º lugar. Realizado no sábado, 5 de março, em Curitiba, o troféu é considerado um dos maiores eventos de fisiculturismo seletivo internacional do sul do País.

Trenos puxados

Izabela treina há dois anos na academia Body Fitness, lugar que ela diz lhe proporcionar a melhor estrutura. “Faço acompanhamento de treino com o treinador Fernando Trentin. Para esta competição, traçamos metas e objetivos e em três meses fizemos nossa preparação e finalização para a estreia nos palcos. Ficamos muito felizes com os resultados obtidos. Todo o processo foi muito difícil e cansativo, mas foi uma experiência incrível e consegui atingir o meu melhor. Tive muito apoio da minha família e do meu noivo Pady Felipe Galize Figuel, e isso me deu forças para continuar. Foi um sonho realizado e com certeza eu faria tudo de novo. Pretendo competir novamente em breve”, avisou a fisiculturista.

Pady também disse que se orgulha da noiva e com o tanto que ela se dedicou para esta competição. “Foram meses de preparação, vivendo todos os dias uma rotina intensa de treinamento e dieta, sem falhar um dia sequer. Sinto um orgulho do tamanho do mundo, dessa mulher incrível e maravilhosa. Para mim ela é meu maior troféu”, declarou-se.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1302 – 10/03/2022

Compartilhar
PUBLICIDADE