Pesquisar
Close this search box.

Onda de pichações atinge pontos cada vez mais altos da cidade

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Os vândalos que espalham suas pichações por Araucária estão ficando ainda mais audaciosos, tentando chegar cada vez mais aos topos de prédios altos da cidade. E um desses casos acabou chamando a atenção da população local. Recentemente o prédio mais alto da cidade, o Edifício Intercontinental, localizado na Praça Vicente Machado, no Centro, apareceu pichado.

Outros prédios como o da Clínica IMA – Instituto de Medicina de Araucária e da clínica Acesso Saúde, ambos na região central, também foram alvo de pichações. Os pichadores não perdoam nada, sujam muros, postes e até placas de sinalização e deixam esses locais com uma imagem ruim para a cidade.
A Guarda Municipal de Araucária disse que recebe uma média de 10 denúncias de pichações por mês, e dentre elas, há pelo menos uma detenção, isso devido à dificuldade em encontrar a vítima no caso de patrimônio particular. Ainda de acordo com a corporação, é possível observar que os pichadores se desafiam entre si, cada grupo ou indivíduo tem sua marca nos traços que, via de regra, são conhecidos dos “rivais”. Há então, o desafio de realizar a pichação em lugares mais arriscados que o grupo rival.

Onda de pichações atinge pontos cada vez mais altos da cidade
Foto: Marco Charneski.

A GMA lembra ainda que o acesso aos lugares de maior dificuldade é o que move a sanha dos pichadores, e nesses estão inclusos prédios altos, fachadas de lojas e até mesmo jazigos de cemitérios. “Os vândalos, utilizam os mais variados meios para acessar esses imóveis: escadas, cordas ou acessando as paredes do prédio a partir de uma das unidades (apartamento), onde moram amigos, por exemplo. Nas fachadas é comum os pichadores usarem longos cabos nos pincéis para conseguirem atingir o alvo”, explica a GMA.

Onda de pichações atinge pontos cada vez mais altos da cidade
Foto: Marco Charneski. Os vândalos atacam vários locais e deixam a cidade com uma imagem ruim.

Crime

A Guarda Municipal alerta que a pichação é descrita na Lei 9605/98 em seu Art 65: “Pichar ou por outro meio conspurcar (poluir) monumento urbano, prevê pena de três meses a 1 ano, e multa. A Lei Municipal que trata do assunto em Araucária é a de nº 3273/2018 que pune a pichação com sanção administrativa de multa, em três categorias: Leve – R$ 1.250, Média – R$ 2.500 e Grave – R$ 7.000.

Ainda conforme a GMA, as multas serão majoradas se a pichação for em prédios públicos e/ou àqueles tombados pelo patrimônio público e ainda se o infrator for reincidente no mesmo ato.

Denúncias

Caso o cidadão visualize alguém praticando a pichação, deve ligar de imediato para o número 153 da Guarda Municipal e comunicar o fato.

“A dificuldade que as forças de segurança do município enfrentam no combate a esse tipo de vandalismo/crime é o fato de ser uma ação muito rápida, sobretudo nos locais de fácil acesso aos infratores. E normalmente as pichações acontecem no período da noite, onde não há muitas pessoas transitando nas ruas”, argumentou a GMA.

Edição n. 1356