Padre André Marmilicz: Preparai o Caminho do Senhor

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Estamos vivendo um tempo especial em nossas vidas, o tempo do advento, a preparação para a vinda do Salvador, o nascimento de Jesus Cristo. A árvore do natal, as velas, os enfeites natalinos, tudo cria no ar um clima diferente e nos faz sentir algo novo, especial, acontecendo no meio da sociedade. É, com certeza, o tempo mais especial do ano, principalmente para nós cristãos que acreditamos que aquele menino que vai nascer é o próprio Deus, feito gente, que veio viver entre nós. Ele literalmente armou a sua tenda em nosso meio e esteve entre nós durante 33 anos. Novamente ele quer nascer dentro de cada um e transformar nossas vidas em pessoas melhores.

Esse tempo nos convida a uma profunda conversão de vida, a partir do encontro com o Menino Deus, feito gente, feito homem. Olhando para ele, somos interpelados a uma mudança de vida, de atitudes, de modos de ser e de relacionar com as pessoas, tanto na família, como no trabalho, assim como com as pessoas de modo geral. Olhar para o Menino Jesus e pedir para que sejamos como ele, que veio para dar a vida por nós, através das suas palavras, dos seus gestos e das suas ações. E mudar, nós bem sabemos por nossa própria experiência, não é nada simples. Facilmente nós nos justificamos, acusando os outros pelos nossos erros, nos colocando numa atitude de vítimas e de incompreendidos.

Neste tempo de advento, tempo de preparar o caminho do Senhor, abrindo nossos corações para uma mudança de vida, a atitude fundamental é a humildade. Quando não queremos mudar, nos tornamos arrogantes, prepotentes, orgulhosos e, buscamos ver somente o erro do outro, nos fechando para a nossa própria história. Esse talvez seja o mecanismo de defesa mais presente em nossa vida: atacar os outros, para nos defendermos dos nossos próprios erros. Agindo assim, negamos a nossa própria humanidade, a nossa própria fraqueza, os nossos próprios imites, tão normais, que fazem parte inerente da nossa vida.

Quando alguém se coloca numa atitude de humildade, reconhece seus próprios erros, aberto para ser diferente. Na medida em que aceitamos mudar por dentro, mudamos nossas relações com o mundo e com as pessoas. Nos tornamos melhores e podemos ajudar o mundo a ser melhor. Nada é mais difícil nessa vida do que mudar a si mesmo, a admitir as suas falhas, mas, nada é mais digno de um ser humano, do que a capacidade de querer ser melhor, ser diferente, mais de acordo com o projeto de Deus. Se cada um realmente buscasse viver como criaturas criadas à imagem de Deus, com certeza, o mundo seria muito melhor.

Tempo de advento é tempo de conversão, preparando o nosso mundo interior, para que o Menino Deus nasça dentro de nós e nos transforme por inteiro. A verdadeira conversão sempre nasce de um coração humilde, que se reconhece diariamente como pecador, aberto para mudar e se transformar. Que este tempo de advento seja realmente especial, não apenas mais um temo qualquer em nossa vida. Deus sempre nos oferece a oportunidade de conversão, e, talvez, faria muito bem, como cristãos, fazer uma bela confissão, fazendo a experiência de um Deus que por amor nos perdoa sempre.

Edição n.º 1392

Compartilhar
PUBLICIDADE