Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Alex segue firme nos treinos com a seleção. Foto: divulgação

Pela terceira vez neste ano de 2021 o atleta araucariense Alex Witkoski foi convocado para participar dos treinos da Seleção Brasileira de Paravôlei. Por consequência da pandemia e dos decretos que restringem atividades coletivas, o atleta tem treinado pouco pela sua equipe, o Círculo Militar. Mas pela seleção, está treinando firme desde janeiro, se preparando para as Paraolímpiadas. Os treinos acontecem no Centro Paralímpico, em São Paulo, e seguem protocolos rígidos de segurança. “Uma semana antes de viajar somos submetidos ao teste PCR para detecção da Covid-19, e chegando lá ficamos em isolamento por sete dias, sem poder participar dos treinamentos. Além disso, todos os atletas são obrigados a treinar de máscaras”, comenta.

Segundo o atleta, a rotina na seleção é bem intensa, com treinos duas vezes ao dia, exercícios em academia e hidroterapia em dias alternados. “Cada treino dura em média duas horas e meia. Mas teremos que trabalhar nesse ritmo até julho para chegarmos em Tóquio e trazermos a tão sonhada e inédita medalha de ouro da modalidade para nosso país”, comentou o atleta.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1251 – 04/03/2021

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM