Passageiros relatam que paradas de ônibus viraram pontos de assalto

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A Polícia Militar e a Guarda Municipal disseram que irão reforçar o policiamento nas regiões onde ocorreram os assaltos

Esperar pelo coletivo em alguns pontos de ônibus de Araucária está se tornando muito arriscado. Isso porque os bandidos resolveram investir contra os passageiros e escolheram esses locais para fazer vítimas. Na madrugada de terça-feira, 16 de agosto, um caso de assalto, seguido de agressão, foi registrado em uma parada de ônibus no jardim Santa Eulália. Segundo os moradores, uma senhora foi assaltada e apanhou dos bandidos.   

“Minha mãe estava esperando o ônibus quando os caras chegaram e anunciaram o assalto. Eles foram muito violentos, bateram nela. Ela caiu no chão e bateu a cabeça, teve dois traumatismos cranianos, um de cada lado da cabeça. Minha mãe quase morreu, ficou internado durante dias na UTI, graças a Deus

fez cirurgia de um dos lados e o outro não foi necessário. Quando acordou, nem sabia dizer ao certo o que havia se passado”, disse o filho da vítima.

Na sexta-feira, dia 19, o ataque foi contra um grupo de alunos do Colégio Estadual Professor Julio Szymanski, eles aguardavam pelo coletivo na parada existente na rua Fernando Suckow, quase esquina com a Pedro Druszcz, quando perceberam que um grupo de assaltantes se aproximava. Eles conseguiram escapar do arrastão porque voltaram correndo para o colégio. “Eles ficaram apavorados e chamamos a Guarda Municipal para registrar a ocorrência. O Colégio vai fazer um ofício e encaminhar à Secretaria Municipal de Segurança Pública, pedindo que medidas sejam tomadas para garantir a segurança dos estudantes”, disse a direção.

Sobre o ocorrido, a Guarda Municipal informou que não recebeu pedidos oficiais, apenas uma informação via rede social sobre o que ocorreu com os alunos. Solicitou que as pessoas colaborem com o serviço, tanto da Guarda quanto da Polícia Militar, registrando boletins de ocorrência, os quais são importantes para traçar as estratégias de policiamento preventivo, nos locais onde ocorrem mais delitos.

“Diante do ocorrido, trabalharemos com ações pontuais, vamos colocar mais equipes para patrulhar os locais onde estão ocorrendo os assaltos. Também estamos com mais viaturas e pessoal nas ruas e a partir da formação dos novos guardas municipais, o patrulhamento será reforçado. Em breve também contaremos com o apoio das câmeras de monitoramento. Tudo isso irá ampliar a segurança da população”, declarou o secretário municipal de Segurança Pública, Antonio de Souza.

O comandante da 2ª Cia da Polícia Militar de Araucária, Capitão Gantzel, também comentou que a PM irá reforçar o policiamento para que a prevenção contra esse tipo de delito funcione. “Porém o mais importante é que a população registre o boletim de ocorrência. O registro dessas informações é importante na elaboração das estatísticas da violência em Araucária e no direcionamento do patrulhamento nos pontos onde ocorrem mais delitos”, afirmou.     

Passageiros relatam que paradas de ônibus viraram pontos de assalto
Foto – Marco Charneski
Compartilhar
PUBLICIDADE